CASA & DECOR

A cozinha com cores vibrantes se destaca pelo estilo da decoração!

As arquitetas Fatima Oliveira Cima e Thaís Margonari Bechara Sanches elaboraram uma pequena cozinha com cores vibrantes que é pura elegância!

None
Foto: Sidney Doll

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/04/2017 às 18:40
Atualizado às 15:08

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem mora em uma casa ou apartamento que não tem uma cozinha muito avantajada, sabe que o espaço pequeno pode virar um grande problema. Se você não pretende passar tão cedo por nenhuma reforma, tem algumas dicas que podem te ajudar a deixar a cozinha com uma cara nova sem quebrar nada.

No espaço reduzido de 5,26m² as arquitetas Fatima Oliveira Cima e Thaís Margonari Bechara Sanches, da Madi Arquitetura & Design, conseguiram elaborar uma cozinha com cores vibrantes que fosse a cara dos moradores. “Eles queriam uma cozinha fora do convencional. Dessa forma, pensamos que esse ambiente também pode ser algo despojado se utilizarmos cores e revestimentos diferentes”, comentam as profissionais.

cozinha com cores vibrantes em azul

Foto: Sidney Doll

Cozinha com cores vibrantes:

Eles roubam a cena

Na área molhada do ambiente, azulejos decorados em tons de azul se destacam por sua originalidade e harmonia com o restante da marcenaria, também da mesma cor. “No piso, foi instalado porcelanato na cor cinza e as outras partes da cozinha receberam pintura em tinta acrílica na cor branca”, detalham as arquitetas.

Pequenos espaços, grandes ideias

A marcenaria, que segue uma setorização bem definida, foi projetada para deixar o ambiente mais organizado, armazenando todos os equipamentos necessários no local. “Para guardar os utensílios do dia a dia, foi criado um gabinete embaixo da pia. Para os mantimentos, um armário superior, menos profundo. Dessa forma, a bancada ficou livre para utilização dos moradores”, afirmam Fatima e Thaís.

Mais organizada!

Saber tudo o que será utilizado no ambiente é o primeiro passo para organizar melhor o local, seja quanto aos utensílios ou eletrodomésticos. “Com isso, o arquiteto poderá projetar as marcenarias de acordo com o uso diário dos equipamentos essenciais para o morador”, completam as profissionais.

LEIA TAMBÉM