Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Descubra agora se é o cobertor ou o edredom que podem te proporcionar noites tranquilas e sem crises alérgicas no inverno
Além de escolher a melhor opção, também é importante lavar a peça do jeito correto - Shutterstock

Casa & Decor

Cobertor ou edredom: entenda a melhor opção para alérgicos

Descubra agora se é o cobertor ou o edredom que podem te proporcionar noites tranquilas e sem crises alérgicas no inverno

[PAGE TITLE]

Você sabia que dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI) comprovam que 80% dos casos de alergias respiratórias são causadas pelo ácaro? Pois é! Comum no inverno, elas podem ser desencadeadas por conta da poeira domiciliar. 

Por isso mesmo, é preciso tomar alguns cuidados com os itens de casa, principalmente os do quarto, como o cobertor ou edredom, e escolher a opção mais adequada para não piorar as crises alérgicas de quem sofre com isso.

Afinal, o que é melhor: o cobertor ou edredom?

“Quem possui alergia precisa estar sempre atento à peça escolhida para dormir, dependendo da escolha, pode-se intensificar ainda mais o problema alérgico”, explica o especialista em higienização José Previero. E é aí que surge a questão: para quem é alérgico, a melhor opção é comprar um cobertor ou um edredom?

Segundo Previero, a resposta para isso é que o edredom é a peça ideal para quem tem alergia, já que seu tecido possui superfície plana e lisa, o que permite um menor acúmulo de ácaros. Com isso, ele não deve prejudicar a respiração e nem ocasionar incômodos na pele, viu? “Independentemente de o cobertor ser sintético ou de lã, todos são mais felpudos, por isso acumulam maior número de ácaros que podem causar alergia, tanto de respiração quanto de pele,” explica o especialista.

edredom
O edredom costuma ser melhor que o cobertor para quem é alérgico; veja a explicação do especialista (Foto: Shutterstock)

 

Porém, ainda de acordo com Previero, a questão não para por aí. Afinal, não basta escolher entre um cobertor e um edredom, é preciso saber cuidar da peça de forma correta para que ela tenha ainda menos chances de contribuir com alergias.

“Opte sempre por lavar antes de usar, principalmente se o edredom ficou guardado por muito tempo, pois com isso removem-se os ácaros e o possível odor de mofo, mantendo a peça mais apropriada para uso”, explica o especialista, que também alerta que a frequência adequada para essa lavagem é a cada dois meses.

Por fim, também é preciso pensar no amaciante que será usado para a limpeza, já que quanto menos perfume ele tiver, menor é a chance de ele provocar alergias, viu?

Fonte: José Previero, especialista em higienização da Quality Lavanderia.

 

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Saúde

É verdade que é proibido nadar em piscinas durante a gravidez? E comer por dois? Entenda o que é verdade e o que é mito na gestação

Casa & Decor

Está achando a sua mesa de centro muito vazia? Veja maneiras interessantes e diferentes de deixar o móvel mais bonito na sala

Famosos

Bateu aquela nostalgia de ouvir 'Complicated' por aí também? Avril Lavigne comemorou de um jeito bem diferente as duas décadas do álbum de estreia; confira

Casa & Decor

Quando as roupas não secam, elas podem ficar com um cheirinho ruim; confira as soluções para tirar o cheiro das peças

Pets

De acordo com o PetCenso 2021, realizado pela DogHero, os vira-latas são os cachorros mais populares no país; veja todas as raças

Moda

Várias peças e tendências que foram sucesso na moda dos anos 2000 estão reaparecendo nos looks das celebridades

Estilo de vida

O recesso de julho é uma ótima oportunidade para a criançada abusar das telas, né? Veja como deixar as férias escolares divertidas e offline

Finanças

O Brunch na Catedral da Sé é uma boa pedida para quem está em São Paulo aos finais de semana