5 características do estresse pós-traumático para você conhecer o transtorno

Descubra os principais sintomas do problema, possíveis causas e muito mais!

O estresse pós-traumático causa sintomas como ataque de pânico, privação do sono e pensamentos indesejados.
O estresse pós-traumático causa sintomas como ataque de pânico, privação do sono e pensamentos indesejados. FOTO Shutterstock

O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um quadro de sofrimentos desencadeado após um ou mais traumas, seja guerra, desastre, estupro, assalto, sequestro ou morte violenta de alguém amado. “A característica central do quadro é a revivificação constante do ocorrido. De maneira involuntária, a pessoa revive constantemente e de maneira intensa a memória, como se fosse presente, misturando-o com o passado, como se o evento estivesse se repetindo (quase) diariamente, com a mesma violência e respectivos efeitos”, explica o psicólogo Bayard Galvão.

Desvende o estresse pós-traumático 

O trauma é um acontecimento violento que fica gravado na mente. Segundo Galvão, poucas pessoas esquecem os traumas ao longo de décadas. Ele reforça que é um mito a ideia de que um acontecimento excessivamente traumático é apagado da memória.

“Acontecimentos ruins leves e médios do dia a dia podem provocar problemas tão intensos quanto os traumas. Nesse caso, o sofrimento apenas se apresentaria de maneira diferente, como num quadro de ansiedade ou depressão, mas sem a revivificação constante do transtorno de estresse pós-traumático”, esclarece Bayard.

 

LEIA TAMBÉM: