Cães e crianças: qual a melhor raça para cada fase do seu filho?

Os cães têm fama de serem os melhores amigos do homem. Mas com as crianças essa regra se aplica? Descubra as raças ideais para cada fase dos pequenos.

menino-deitado-cachorro-costas-filhote-caes
FOTO: iStock e Getty Images

É quase certo que em algum momento durante a infância, os filhos peçam para ter um cachorrinho. Nesse momento, os pais tendem a ficar receosos, pois é uma responsabilidade muito grande. Além disso, existe a preocupação das crianças não se adaptarem a determinadas raças de cães. Então, confira algumas sugestões das raças mais indicadas para cada fase dos pequenos e acerte na hora de escolher o melhor amigo do seu filho!

 

bebe-engatinhand-cachorro-brincando-caes-filhote

FOTO: Shutterstock

 

Bebês

PUG: essa raça é indicada por ser dócil, tranquila e brincalhona, podendo ficar horas descansando ao lado do dono e do neném.

BULDOGUE INGLÊS: conhecida como uma das raças mais amáveis do meio animal, ele é uma ótima companhia para  família e consegue se adaptar bem às crianças.

SPITZ ALEMÃO: de pequeno porte, esse cachorro é muito alegre, expressivo e inteligente, agradando pais e bebês.

 

caes-filhote-brincando-gramado-bolinha-correndo

FOTO: Shutterstock

 

Criança

SHIH TZU: os cães dessa raça são extrovertidos, alertas, ativos e uma companhia agradável para os pequenos.

GOLDEN RETRIEVER: esse cão é sinônimo de felicidade! Ele adora brincar, é confiável e bastante inteligente.

COCKER: fiel, amigável e tranquilo, esse cão pode ser adestrado com facilidade.

 

caes-pub-pequeno-deitado-flores

FOTO: Shutterstock

 

Pré-adolescente

BULL TERRIER: caso o adolescente seja fã de esportes e pratique atividades físicas com frequência, esse cão será um companheiro e tanto! Além disso, ele é forte, resistente e esperto.

SCHNAUZER: amigável e bastante sociável, essa raça costuma ser bastante apagada ao dono. Ele acompanha a família nas mais diversas atividades e é comportado.

VIRA-LATA: mesmo sem ter uma raça definida, o animalzinho costuma se adaptar bem a maioria das famílias. Sua natureza desconhecida faz com que cada um seja único e com características singulares.

 

 

LEIA TAMBÉM: