Acupuntura sem agulhas? Conheça os benefícios da terapia EFT

Com rotinas cada vez mais aceleradas, os níveis de estresse entre o grande público aumentaram bastante nos últimos tempos. Para solucionar esse problema, é recomendado procurar tratamentos alternativos, como é o caso da terapia EFT, que proporciona o bem-estar por meio da libertação emocional

Mulher, deitada, sessão terapia EFT
Foto: Shutterstock.com

Existem terapias alternativas que já são mais comuns entre o grande público, como a meditação, e outras ainda não tão conhecidas, mas que apresentam sinais positivos na recuperação de transtornos mentais, como é o caso da terapia EFT (sigla do inglês Emotional Freedom Technique ou Técnica de Liberdade Emocional, em português).

O que é?

Segundo o terapeuta EFT Rodolfo Álvares Scanavini, esta “é uma versão da acupuntura sem agulhas, que trabalha com toques com as pontas dos dedos em alguns pontos dos meridianos definidos pela acupuntura tradicional”. E, paralelamente a esse processo, na sessão, o profissional aborda alguma emoção de caráter negativo sentida pela pessoa, relacionada à dificuldade em questão, que é diagnosticada previamente.

“Após a aplicação de algumas consultas de EFT, o paciente já começa a sentir uma melhora no seu estado emocional. Isso é decorrente do desbloqueio do fluxo de energia vital em seu corpo, que afetará diretamente a causa de seu problema ou transtorno”, explica Scanavini. A frequência das sessões depende da gravidade dos sintomas do paciente, resultando em uma maior ou menor duração. “Mas os resultados com a EFT costumam ocorrer em prazos bem menores que o normal (comparados com os demais métodos). Isso sem remédios, sem agulhas, sem cirurgias”, conclui o especialista.

Além dos sintomas

Por mais que as causas de distúrbios como ansiedade, depressão e fobias não sejam objetos de estudo novos para a ciência, frequentemente pesquisadores fazem novas descobertas sobre a relação desses quadros com o organismo humano.

Assim, devido a esses dados variáveis, o meio mais eficiente de combater tais transtornos é tratar os sintomas. Porém, em alguns casos, os sinais são decorrentes de fatores emocionais negativos inconscientes, sendo necessário mais do que apenas atenuar o incômodo percebido. “Se não tratadas adequadamente, essas lembranças (emoções sentidas) negativas, que levamos junto conosco só irão nos criar desconfortos ou contribuir para a formação de doenças”, explica Rodolfo Álvares.

O profissional ainda esclarece que o atendimento na terapia EFT é altamente individualizado, uma vez que as raízes do transtorno de cada um são variáveis. As dificuldades surgem de uma “forma única e específica, uma vez que estamos tratando da reação emocional daquela pessoa frente a um evento, o qual contribuiu para o surgimento do problema, doença, distúrbio ou vicio que ela está apresentando”, finaliza o terapeuta.

LEIA TAMBÉM

Texto e entrevista: Giovane Rocha

Consultoria: Rodolfo Álvares Scanavini terapeuta EFT (www.rasterapiaeft.com.br).