Benefícios do chocolate: 10 funções positivas do alimento na saúde

Descubra as vantagens de incluir esse doce tão adorado na sua dieta agora mesmo!

Benefícios do chocolate: 10 funções positivas do alimento na saúde
Foto: Shutterstock

É difícil encontrar alguém que não goste desse doce, não é mesmo? Além do sabor delicioso, o chocolate possui inúmeros benefícios para o nosso organismo. Ele reduz o estresse, diminui a pressão arterial e melhora a visão, além de muitas outras vantagens de incluir esse alimento no cardápio.

É importante lembrar que, quanto maior a porcentagem de cacau, melhores serão os resultados para a saúde. Ou seja, é preciso escolher versões mais amargas do produto – e seu consumo deve ser moderado, cerca de 30 gramas por dia para aproveitar o melhor do chocolate. Saiba mais!

10 benefícios do chocolate para você comer sem culpa

Evita doenças cardiovasculares

O chocolate, principalmente o meio-amargo (mínimo de 50% cacau), possui ação antioxidante e ajuda a evitar doenças cardiovasculares. O alimento também contribui para o aumento do HDL, chamado de colesterol bom, e para a redução de inflamações.

Reduz o estresse

Um dos maiores benefícios do chocolate é a redução do estresse. Por conter um composto químico chamado triptofano, estimula a produção de serotonina no cérebro, que é um neurotransmissor capaz de induzir sensações de prazer, diminuindo, assim, a ansiedade e o estresse.

Antioxidante

Quanto mais amargo for o chocolate, maior é o seu teor de cacau e, portanto, maior a sua quantidade de flavonoides. Essas substâncias têm ação antioxidante e cardioprotetora no organismo.

Favorece atividades físicas

Mais um dos benefícios do chocolate que só dá mais vontade ainda de degustar, né? Por incrível que pareça, ele ajuda a diminuir o risco cardiovascular durante os exercícios físicos de média duração, já que facilita a vasodilatação e regula a pressão arterial.

Regula a pressão arterial

O cacau e seus derivados são ricos em polifenóis, como por exemplo a procianidina, que reduz a pressão arterial. Além disso, esse polifenol também contribui para evitar o início da aterosclerose.

Minimiza as dores musculares

O consumo de bebidas que contêm proteínas, como leite e iogurte; e carboidratos, como o cacau, logo após a prática de exercícios aeróbicos de longa duração (corridas, ciclismo, competições de natação, etc.), pode minimizar a dor muscular e facilitar a recuperação entre séries de treinamento. A explicação para essa vantagem é a ação antioxidante dos flavonoides.

Estimula a saúde mental e a função motora

Rico em flavonoides, o chocolate possui efeitos anti-inflamatório, antioxidante e vasodilatador. Tais benefícios ajudam a conter distúrbios cerebrais depressivos, estabilizam o humor e melhoram as atividades cognitivas relacionadas ao reflexo.

Aumenta a acuidade visual

Os flavonoides presentes no chocolate ajudam a melhorar a sensibilidade ao contraste visual, propiciando um maior fluxo sanguíneo, tanto no cérebro quanto na retina. Isso significa que um dos seus benefícios é proporcionar uma visão com mais nitidez e clareza.

Ajuda na proteção da pele

O consumo regular de cacau rico em flavonoides tem ação fotoprotetora significativa, auxiliando a minimizar o aparecimento de manchas, psoríase, acne e até mesmo o câncer de pele. Porém, o chocolate não substitui de forma alguma o protetor solar, sendo apenas mais um recurso que pode reduzir os danos causados pelos raios UV à pele.

Melhora o aspecto da pele

O cacau do chocolate também ajuda a minimizar o estresse oxidativo, que é um dos principais fatores de deterioração da estrutura dérmica, retardando, assim, o envelhecimento prematuro da pele. Vale a pena inserir na dieta!

Consultoria: Andrezza Botelho, nutricionista funcional | Edição: Mariana Oliveira e Renata Rocha

Leia também: