Pele ressecada? Aposte nos cuidados certos durante o frio

Com a chegada das estações frias, caprichar e acertar no skincare é a solução para evitar a pele ressecada e a piora de doenças, como alergias

Manter a hidratação em dia evita a pele ressecada
Manter a hidratação em dia evita a pele ressecada - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 09/06/2022 às 17:00
Atualizado às 17:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se no calor a pele sofre com a oleosidade excessiva, no inverno parece que qualquer resquício de óleo é sugado e a pele ressecada chega com tudo. Com isso, além daquela sensação de repuxar, o ressecamento pode favorecer ainda a piora de algumas doenças da região, como alergias, dermatites e rosácea. 

Mas tem solução para tudo isso, viu? Ainda que esquentar o clima não seja uma opção, dá para apostar no famoso e necessário skincare. Assim, mantendo os cuidados certos para o inverno, a pele estará protegida contra os danos da estação.

Para entender os passos certos, conversamos com a dermatologista Juliana Neiva, que atende celebridades como Paolla Oliveira e Monique Alfradique — ou seja, a pele bonita vem! Confira o bate-papo abaixo e anote as dicas: 

pele ressecada
O ressecamento causado pelo inverno pode desencadear casos de alergia na pele (Crédito: Shutterstock)

Alto Astral - Quais as principais mudanças que costumam ocorrer na pele durante o inverno? 

Juliana Neiva - Com a chegada do frio, a pele tende a ficar mais ressecada e desidratada, podendo causar crises de alergias, dermatites atópicas ou seborreica e rosácea em peles mais reativas ou com tendência a desenvolvê-las.

AA - Qual produto não deve faltar no skincare durante essa época?

JN - Nessa época do ano, é muito importante buscar ativos de hidratação como o ácido hialurônico, o alfa bisabolol, a aquaporina e a ceramida — esse último, mais indicado para o corpo.

AA - O frio minimiza a sensação de oleosidade da pele. Com isso, é possível investir em produtos mais cremosos? 

JN - A recomendação é manter a rotina de skincare com o passo a passo correto, iniciando pela higienização de manhã e à noite com o uso de um sabonete para o rosto adequado para o tipo de pele. Dependendo da faixa etária, individualizamos o tratamento com antioxidantes, renovadores celulares, controle de oleosidade e ativos para melhora de manchas. Para o inverno, em especial, a hidratação é o pilar essencial, o resto é continuar o tratamento dermatológico adequado para cada paciente

AA - O protetor solar continua sendo obrigatório. Mas a frequência de reaplicação muda? 

JN - É importante lembrar que o protetor solar continua obrigatório e seu uso é diário, já que hoje nós temos que nos proteger contra a luz visível também, que é a luz das telas. Então, a rotina de reaplicação continua a mesma: de 3 a 4 horas mesmo em ambientes internos.

AA - O que fazer e o que não fazer durante essa época?

JN - Deve evitar banho quente demorado e caprichar na hidratação. Para o corpo, sugiro que seja feita em pelo menos duas etapas: com sabonete líquido, gel de banho ou óleo de banho com tecnologia sindética — que preserva mais os lipídios da pele, importantíssimos no processo de hidratação, reparação e reforço de barreira cutânea. Seguido da hidratação com loções ou cremes hidratantes, que deve ser feita até 3 minutos após o banho. O ideal é o hidratante mais neutro com ativos como aloe vera e óleos vegetais, compondo a hidratação com os ativos já citados.  

Fonte: Juliana Neiva, médica dermatologista.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.