Connect with us

O que você está procurando?

Facebook Twitter Instagram Youtube pinterest
Alto Astral
Depilação doendo mais nesse frio? Então siga essas dicas!
Depilação doendo mais nesse frio? Então siga essas dicas! - Shutterstock

Beleza

Especialista dá dicas para preparar a pele para a depilação no frio

Se você sente que a sua pele fica mais sensível à depilação nas estações mais frias, tomar essas providências pode ser a solução

Se você faz depilação com cera, já deve ter se perguntado por que o processo parece doer mais algumas vezes do que em outras. E nós temos uma das respostas para esse questionamento! Segundo a Dra. Fernanda Nichelle, médica pós-graduada em dermatologia que atua exclusivamente na área estética, a nossa pele costuma ficar mais sensível durante as estações mais frias do ano – ou seja, durante o outono e o inverno.

Isso porque, nessa época, a nossa pele fica mais ressecada e, com isso, mais reativa. Porém, a especialista explica que há medidas que podemos tomar para contornar isso e deixar a depilação menos agressiva para a nossa pele. E, nesse sentido, o mais importante é sempre manter a hidratação em dia.

“A melhor maneira de preparar a pele para a depilação é mantendo-a hidratada. Passar bastante hidratante e esfoliar a pele uma vez por semana, nas regiões a serem depiladas. Dessa forma, a depilação vai ser melhor aceita”, explica a Dra. Fernanda Nichelle.

A profissional ainda ressalta que, apesar de mais necessárias durante o outono e inverno, essas técnicas podem ser utilizadas o ano todo para evitar que a depilação com cera agrida a pele. “Algumas vezes, a pele fica mais sensibilizada por estar seca e, dessa forma, pode sofrer até mesmo queimaduras com a depilação. Então, manter a pele bem hidratada e esfoliada durante o ano é uma boa pedida”, diz.

Alternativa menos agressiva para a pele

Apesar de podermos tomar essas medidas para deixar a pele menos sensível na hora de fazer a depilação com cera, esse processo ainda traz uma certa agressão para a pele. Tanto é que a Dra. Fernanda Nichelle recomenda que quem a realiza se depile a menor quantidade de vezes possível (que vai depender da cor dos pelos, da velocidade na qual eles crescem e do quanto a pessoa se incomoda com eles).

Assim, considerando que a depilação com cera é, no geral, mais agressiva, a especialista ainda indica uma outra opção que pode ser menos prejudicial: a depilação a laser. “Ela agride a pele de uma forma controlada. Essa agressão é durante apenas a sessão. Dessa forma, não há uma agressão consecutiva com cera ou lâmina com creme depilatório, que pode ser mais maléfica para a pele”, explica.

De acordo com a especialista, esse tipo de depilação pode sim valer mais a pena para quem puder fazer algumas sessões dela. Vale lembrar que, mesmo na depilação a laser, pode ser interessante fazer aquela hidratação da pele que mencionamos anteriormente, para se proteger ainda mais.

Mais notícias como essa

Saúde

O calor, as frequentes chuvas e as enchentes comuns no verão podem causar o aumento dos casos de diarreia e das conhecidas “viroses”

Saúde

Dermatologistas ensinam a maneira correta de aplicar o protetor solar e proteger a pele dos danos causados pelo sol

Receitas

Veja como transformar as suas receitas com o lemon pepper, um tempero bem fácil de fazer que é muito saboroso e saudável

Saúde

Dentistas separaram dicas de ouro para uma higiene bucal impecável; mantenha seus dentes sempre saudáveis e brilhantes