Conheça as técnicas e procedimentos para ter os cílios ideais

Confira as dicas do maquiador e visagista Pablo Inisio para ter os cílios ideais. Saiba quais as vantagens e desvantagens de cada procedimento!

None
Foto: Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/09/2018 às 13:23
Atualizado às 13:23

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Na hora de fazer uma maquiagem super produzida ou até quando se opta por um visual mais básico, os cílios fazem toda diferença na aparência. Eles podem deixar o olhar mais aberto e intenso, destacar a sombra e são responsáveis pela finalização perfeita da make. Para quem quer torná-los mais longos, volumosos e vistosos existem diversas opções e às vezes fica difícil decidir qual é a melhor para você. Por isso, trouxemos uma lista de procedimentos com dicas do maquiador e visagista Pablo Inisio para te ajudar a escolher a melhor técnica para alcançar os cílios ideais!

Alongamento ou extensão

Essa técnica é a melhor saída para quem busca praticidade e não gosta de gastar muito tempo se produzindo. Ela consiste na fixação de fios na pálpebra por meio de uma cola específica e pode durar até 60 dias. ““Existem duas técnicas de colocação da extensão de cílios, com tufos de fios sintéticos e com fios naturais colocados um a um. A escolha vai depender do objetivo, mas o procedimento com fios naturais 100% humanos, garante uma durabilidade maior”, explica o maquiador.

Permanente

Esse procedimento apenas colore e curva os cílios, não aumentando, portanto, seu volume e tamanho. “É um processo que apenas muda o formato dos fios, sendo mais indicado para quem tem os fios retos e busca uma curvatura maior”, comenta Pablo. Além disso ele ressalta que é importante buscar um profissional que utilize técnicas mais avançadas no processo, pois “as primeiras dinâmicas de aplicação eram bastante incomodas e agora já existem maneiras bem mais confortáveis”.

Curvex

Essa ferramenta oferece um resultado momentâneo e pode não ser tão vantajosa. “É um equipamento funcional que oferece uma opção para curvar os cílios temporariamente, mas hoje com as tecnologias das máscaras cada vez mais avançadas, o seu uso tem sido dispensado em muitas situações. Há máscaras que garantem o mesmo resultado sem precisar do curvex, o que é bastante indicado, já que ele é um aparelho um pouco mais difícil de manusear para quem não tem prática”, expõe o profissional.

Máscaras

Apostar na máscara certa é a saída mais fácil para quem quer um resultado passageiro. Para potencializar os efeitos Pablo dá uma dica: “Procurar máscaras com efeitos diferentes e usá-las ao mesmo tempo traz bons resultados. Aplicar uma alongadora junto a uma para dar volume, por exemplo, cria um visual ainda mais bonito”.

Consultoria: Pablo Inisio, maquiador e visagista coordenador do curso de Make Up Design do Centro Europeu, de Curitiba – PR

LEIA TAMBÉM