Eleita mais bonita de São Paulo, Miss representa as mulheres negras

Sabrina Paiva enalteceu a beleza das mulheres negras sendo eleita a Miss São Paulo 2016

None
Reprodução/Lucas Ismael/BeEmotion

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/05/2016 às 16:51
Atualizado às 16:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

No último sábado (28), foi eleita a mais nova Miss São Paulo 2016. 30 mulheres disputavam o título de mais bonita do Estado, e a grande vencedora foi Sabrina de Paiva, 20, que nasceu no município de Caconde. A vitória da estudante gerou repercussão nas redes sociais por ser uma das poucas mulheres negras a ganhar o título e por enaltecer a beleza dos traços afro num espaço de grande visibilidade.

Sabrina Paiva, Miss São Paulo

Reprodução/Lucas Ismael/BeEmotion

Sabrina chamou a atenção pelos cabelos blackpower e por dar representatividade às mulheresnegras. Agora, a estudante terá a responsabilidade de representar seu estado no Miss Brasil, em que sonha ser a segunda Missnegra no país. A primeira a conquistar o título foi Deise Nunes, em 1986. “Eu me sinto preparada para vencer. Depende do que eles querem. Mas eu iria amar (ser a segunda Miss Brasil negra). Seria uma quebra de paradigma”, contou Sabrina.

Sabrina Paiva, Miss São Paulo

Reprodução/Lucas Ismael/BeEmotion

Representatividade

Nas redes sociais, a vitória foi ovacionada pelos internautas. “Estar aqui é representatividade. Quero que as mulheres, as meninas, as crianças negras me vejam e tenham inspiração. Meu foco também é esse, mostrar que a cultura negra élinda, nosso nariz, nossa boca e nossa cabelo afro são maravilhosos. Meu sonho sempre foi representar a minha cultura e hoje consegui”, contou a Miss após a vitória.

Leia também

Mas para chegar até o palco do Miss São Paulo, a estudante de Publicidade e Propaganda teve que passar por inúmeras dificuldades. Em entrevista ao site Ego, ela contou que precisou fazer um empréstimo e pedir dinheiro a vizinhos de sua cidade para conseguir arrecadar os R$ 7 mil necessários para pagar a inscrição do concurso e comprar as roupas do desfile.

Sabrina Paiva, Miss São Paulo

Reprodução/Lucas Ismael/BeEmotion

“Eu não tinha dinheiro, saí pela cidade pedindo ajuda pois eu não teria recursos para vir. Era preciso pagar a inscrição e looks para o desfile. Foi uma batalha grande pra buscar esse meu sonho que vinha desde a infância. Fizemos empréstimo, pedimos ajuda, chorei descontos. Fiz tudo que eu podia”, revelou.

A mulher mais bonita de São Paulo ostenta com orgulho os traços da estética afro e agora segue em busca de um novo sonho, vencer o Miss Brasil. Boa sorte para a bela!

Sabrina Paiva, Miss São Paulo

Reprodução/Lucas Ismael/BeEmotion

Texto: Thamires Motta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.