Afro, liso e tingido: saiba qual a melhor hidratação para cada tipo de fio!

Cada tipo de fio merece um cuidado especial. Saiba qual o tratamento mais indicado para deixar suas madeixas lindas e macias

None
Foto: AbleStock/KeyDisc

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/01/2017 às 18:35
Atualizado às 11:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Água, shampoo, condicionador, secador, chapinha ou babyliss… os cabelos estão sempre sendo colocados à prova não é mesmo? Na busca pelo melhor look, não medimos esforços. Mas, lembre-se: hidratação é fundamental. Para ajudá-la a escolher o melhor tratamento, o badalado hairstylist Rodrigo Cintra destaca quais os cuidados mais indicados para cada tipo de fio:

mulher loira com tipo de fio crespo

Foto: AbleStock/KeyDisc

Tipo de fio: virgem (que nunca recebeu coloração ou luzes)

Tem tendência a ser oleoso na raiz, portanto, a hidratação deve ser mais suave e menos oleosa. E apenas nas pontas.

Tingido

No processo de pigmentação costuma haver perda de queratina. Dessa forma, o melhor a fazer é repor esse nutriente. A cirurgia plástica capilar é uma ótima opção (leia mais abaixo).

Afro

Em geral, é bastante ressecado nas pontas. Portanto, hidratações de alta nutrição à base de óleo e emolientes são as mais apropriadas.

Fino

Aposte na hidratação intercelular (leia mais abaixo), pois ela não deixa os cabelos achatados e sem graça.

Seco

Quanto mais hidratação, melhor! O hairstylist recomenda se submeter ao tratamento de 15 em 15 dias, intercalando uma hidratação mais oleosa com uma reconstrução.

Cirurgia plástica capilar

É realizada com a aplicação de raios ultravioletas, que têm o poder de reconstruir as fibras capilares, ficando bem próximas de seu estado natural. Além disso, os fios ganham maciez e brilho. Outro ponto importante é que esse tratamento reduz aproximadamente 70% do volume total dos cabelos. Durante seis meses, são realizadas apenas duas sessões. “Outra vantagem é que pode ser feita em cabelos naturais, tingidos, com luzes, alisamento ou descoloração”, explica Rodrigo Cintra.

Hidratação intercelular

Esse processo utiliza óleo de babaçu, manteiga de karité, silicones, queratina e nanoqueratina. É um tratamento intensivo, que devolve à fibra capilar a queratina natural perdida devido à exposição solar, sal do mar, cloro de piscina e processos químicos como coloração, reflexos e alisamentos. Com essa reposição, o cabelo fica com muito brilho, maciez, textura agradável e umectação de um fio saudável.

Texto: Rose Araujo | Consultoria: Rodrigo Cintra, hairstylist, de São Paulo 

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.