Dicas para escolher o calçado certo

Gustavo Sarti, do programa Hoje em Dia, ensina todos os truques para você se vestir bem

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 27/04/2010 às 06:31
Atualizado às 20:45

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Defina ocasiões especiais para usar saltos muito altos. Eles podem provocar calos na parte da frente dos pés.

Compre sapatos no final do dia: como os pés estarão mais inchados, não corre o risco deles ficarem apertados depois.

Experimente os dois pés para ter certeza de que ambos estão confortáveis. Os pés variam de tamanho.

Escolha um modelo que deixe uma folga de 1 centímetro.

Ande um pouco com os sapatos novos pela loja para sentir como se adaptam aos pés.

Nunca compre sapatos sem experimentar, mesmo que você saiba que o tamanho está correto.

Observe se os sapatos se adaptam ao calcanhar e aos dedos, que devem ficar livres dentro do calçado.

Não compre sandálias abertas para caminhar: elas forçam a musculatura dos dedos. Os modelos com tiras que prendam no calcanhar são os melhores.

Nada ce adquirir um sapato contando que ele vá amaciar: ele deve se ajustar ao seu pé e não o contrário.

Use calçados na medida: os muito largos provocam bolhas nos pés.

Como escolher a bota ideal para você

Pernas grossas e curtas: não ficam bem com botas. Use apenas por baixo de calças e vestidos longos.
Pernas grossas e longas: use botas de cano curto ou longo, com saias e meias escuras e opacas.
Pernas curtas e finas: evite botas de cano longo com saias curtas.
Pernas longas e finas: todos os tipos de botas estão liberados.
Truque para todas: independentemente do seu tipo físico, se você deseja alongar as pernas, use botas com meias escuras.

Os modelos de botas

Bico e salto finos: use com roupas mais sofisticadas e por pouco tempo, pois costumam ser desconfortáveis.
Bico largo ou levemente arredondado, de salto grosso: ideal para compor um estilo casual e descontraído, com calças e conjuntos.
De tecidos finos: vista com roupas bem sofisticadas, à noite.
Estampada de pele de animal: utilize com roupas sóbrias, para não sobrecarregar o visual. Não é recomendada para baixinhas e gordinhas.
Cano baixo: pode ser usada com short, bermudas curtas e longas, saias curtas ou na altura dos joelhos, se você tem pernas curtas. Com calças compridas, saias e meias texturizadas, se tem pernas longas. Perfeita também com calças retas.
Cano médio: boa opção para quem tem pernas finas e tornozelos grosso com saias longas, na altura do tornozelo, e calças compridas, com cano coberto pela calça, ou saia evasê, na altura dos joelhos.

Cano longo: chegam a 5 ou 7cm abaixo do joelho. Esse modelo achata a silhueta, acentuando as formas das baixinhas e das mulheres com pernas grossas.
Cano longuíssimo: só é indicada para quem tem pernas finas e estilo descontraído. Ficam bem com calças justas ou saias curtas.

Fonte: “O que toda mulher precisa saber sobre moda”, de Gustavo Sarti, editora Marco Zero.
Ilustração: Ricardo Avancini

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.