Cortes repicados: qual técnica é mais indicada para o seu tipo de fio?

Os cortes repicados devem ser executados de diferentes maneiras dependendo do seu tipo de fio e do efeito que deseja dar às madeixas

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/03/2017 às 19:14
Atualizado às 11:47

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quer os cabelos com mais volume? Fios mais encorpados? O seu desejo é uma ordem! Com a técnica ideal de cortes repicados é possível garantir madeixas perfeitas e que se adaptam ao seu estilo. Além disso, buscando garantir o resultado desejado, a ideia de unir o repicado a outras estratégias, como o desfiado ou o corte em camadas, pode ser uma ótima opção!

mulher morena com os cabelos repicados e lisos

Foto: Shutterstock.com

Técnicas de cortes repicados:

Mais balanço aos fios grossos

O ideal é buscar por um corte que dê movimento às madeixas. Segundo Ruth Damaris, hairstylist do VISS Cabeleireiros Visagistas, a melhor opção, nesse caso, é repicar os fios e, em seguida, desfiá-los com a tesoura fio navalha, desfiadeira ou com a própria navalha, dependendo do efeito desejado.

Cabelos finos pedem textura

Esses fios pedem por um corte que encorpe e dê textura às madeixas. “Eles não devem ser desfiados, somente repicados e texturizados nas pontas, para conseguir movimento e firmeza no penteado”, explica Ruth.

Madeixas lisas e elegantes

Quem possui os fios de espessura média ou grossa precisa ficar atenta para que o repicado não tire muito do volume dos cabelos lisos. Esse tipo de fio permite diversas técnicas, como o desfiado e o texturizado.

Ondulado cheio de estilo

Por possuir a raiz lisa, esse tipo de cabelo merece uma atenção especial para que o corte não fique com um efeito triangular – com mais volume nas pontas do que no topo. A técnica de camadas em degradê é uma aposta perfeita para esse modelo.

Cachos ainda mais definidos

Os fios afro e cacheados devem ser repicados da maneira certa para que não fiquem armados e sem definição. Se os cabelos forem grossos, invista em um repicado irregular, para dar leveza às madeixas. Já os fios mais finos pedem por camadas longas, que distribuem bem o volume. Segundo Ruth, também não é aconselhável que esse tipo de cabelo seja desfiado.

Consultoria: Ruth Damaris, hairstylist do VISS Cabeleireiros Visagistas, de São Paulo (SP)

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.