MODA & BELEZA

10 coisas que você precisa saber sobre usar salto no dia a dia

Amado por muitas mulheres, é preciso atenção no uso contínuo do salto alto, já que ele também pode prejudicar seu corpo: confira!

None
Reprodução/Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/05/2016 às 15:04
Atualizado às 15:33

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A história conta que o salto alto surgiu no século 17, na corte do rei Luís XIV (1643-1715), da França. O rei adorava abusar das perucas, acessórios superluxuosos e sapatos de salto alto! Hoje em dia, muitas mulheres são loucas por esse acessório que incrementa o estilo. O salto pode mudar sua postura, e também dar uma pitada de sensualidade ou elegância no seu look. Além disso, você sabia que ele até melhora o sexo?

Mas o uso contínuo de salto alto também pode oferecer muitos problemas! Por isso, o ideal é tomar cuidado e não usar o tempo todo. O Dr. Antonio Alexandre Faria, ortopedista da Clínica North Trauma e a fisioterapeuta Valéria d’Ávila contam quais são os principais problemas que o uso contínuo de salto alto pode causar.

Salto alto

Reprodução/Shutterstock

1. O que acontece com o pé ao andar de salto alto com frequência?

Ao caminhar, o peso do corpo fica dividido entre o calcanhar e a parte da frente do pé. A carga concentra-se nos dedos e torna-se ainda mais intensa quando a mulher tem pés chatos, cavos ou joanetes. O resultado disso são calos e bolhas na sola, além da dor. Outro problema é a dificuldade na flexão da planta do pé, o que prejudica a circulação e potencializa a tendência a varizes.

2. O que é o encurtamento do tendão de Aquiles, que pode ser provocado pelo uso contínuo de salto?

Muita gente já deve ter ouvido queixas de mulheres que usam sempre salto alto e não sentem desconforto, mas quando colocam o calçado por modelos sem salto ou tênis, sentem dores na batata da perna e nos pés. Isso é sinal do encurtamento do tendão de Aquiles.

3. Como evitar essas dores?

Para evitar esses problemas, prefira sapatos largos e confortáveis no dia a dia. Já os modelos altíssimos devem ser reservados para ocasiões especiais.

4. Qual é o tamanho ideal de salto para evitar problemas?

O ideal é que se use salto de até quatro centímetros. Mais do que isso é prejudicial, já que a partir de três centímetros de altura, o salto aumenta a pressão plantar sobre o dedão e o segundo dedo, deformando essas articulações, e também aumenta o desequilíbrio e diminui a velocidade do passo, fazendo com que a pessoa utilize mais energia para desenvolver uma distância.

5. Qual é o melhor tipo de salto?

Os melhores são os mais confortáveis, como salto quadrado, grosso, pois dão maior equilíbrio. Os sapatos que têm 10 ou 13 centímetros devem ser evitados. O ideal é evitar sapatos com osbicos finos, que podem causar joanete. O mais saudável são os sapatos com a frente retangular ou redondo.

6. Durante quantas horas podemos usar o salto alto?

O recomendado é utilizar saltos até 4 horas em pé. Uma dica é alternaros sapatos, se a mulher trabalha de salto, o ideal é que ela leve um outro sapato na bolsa para a ida e volta do trabalho.

7. A atriz Sarah Jessica Parker aposentou os saltos após descobrir uma deformação óssea. Por que isso ocorre? É comum?

Sim, é comum. O uso prolongado de saltos pode provocar crescimentos ósseos que ocorrem em torno da base do dedão do pé e também pode causar um problema em que o dedão do pé vira para dentro, causando dor.

VEJA MAIS: A moda de cada signo

VEJA MAIS: Como encontrar o salto certo

8. O uso de salto alto pode trazer consequências a longo prazo?

Sim, a dor é a consequência momentânea, mas as outras doenças são a longo prazo.

9. O uso de salto alto pode provocar ou piorar problemas na coluna?

A fisioterapeuta Valéria d’Ávila afirma que sim, o uso constante de salto pode causar um desequilíbrio postural, porque os ombros “vão” para trás, a cabeça para frente e, com isso, muda a angulação da coluna cervical e lombar, causando alterações posturais.

malefícios do salto

Shutterstock

10. É verdade que o uso de salto alto pode melhorar o sexo?

Sim! Valéria conta que um sapato com salto entre dois e quatro centímetros de altura pode facilitar o retorno venoso, fortalecer a musculatura pélvica feminina e, com isso, proporcionar uma vida sexual mais satisfatória!

Quais exercícios podem ser feitos para evitar os problemas causados pelo uso de salto?

1. Criar um novo hábito

Mantenha no carro um modelo de sapato confortável e sem salto. As mulheres que utilizam o transporte público, podem adotar o mesmo procedimento. Quando chegar ao trabalho troque pelo modelo de salto alto.

2. Massagear os pés

A massagem nos pés, ao final do dia, ajuda a restabelecer a circulação, funciona como uma prevenção a cãibras e dores musculares. Após a massagem, coloque as pernas para cima por alguns minutos.

3. Alongar a panturrilha

Um dos efeitos de saltos muito altos é o processo de encurtamento da panturrilha. Para prevenir esse impacto negativo, transforme o alongamento da panturrilha em um hábito diário. Ao chegar em casa, no final do dia, utilize um degrau para realizar um exercício simples e que ajuda a manter uma boa circulação do sangue no local: coloque metade do pé sobre o degrau e force a outra metade para baixo. Depois, faça movimentos circulares com os pés para o lado esquerdo e direito. Repita a operação nos dois pés, por 10 minutos.

Texto: Thamires Motta

Consultoria: Valéria d’Ávila, fisioterapeuta; Antonio Alexandre Faria, ortopedista.