Seu cabelo não cresce? Conheça as possíveis causas e soluções!

Dois especialistas revelam o que a impede de ter os fios lindos e longos e como fazê-los aumentar rapidamente. Leia e saiba mais

None
Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/01/2017 às 14:14
Atualizado às 11:56

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O crescimento e comprimento dos fios é determinado pelo DNA de cada um. Isso quer dizer que seu cabelo tem uma velocidade de crescimento própria e só cresce até um certo tamanho. Com o couro cabeludo sadio, os fios crescem, em média, de 0,8cm a 1,5cm por mês. Mesmo assim, você quer uma força para turbinar o comprimento dos seus cabelos? Confira o que fazer!

Mulher com o cabelo comprido

Foto: iStock.com/Getty Images

Causas

Os problemas mais comuns para a demora no crescimento dos cabelos estão na alimentação, nos hormônios e no próprio couro cabeludo. Com uma alimentação rica em proteínas, sais minerais, ferro e cálcio, entre outros elementos, seus cabelos terão um crescimento mais saudável. “Soja em grãos ou compostos derivados da soja são uma boa opção, porque ela tem um conjunto de todos esses componentes”, orienta o dermatologista Luciano Barsanti.

Pessoas que têm problemas hormonais, como hipertireoidismo ou hipotireoidismo, podem ter dificuldades com os cabelos. Estresse, ansiedade e depressão também “maltratam” os fios. Outra causa é o excesso de química no cabelo, que causa inflamações nas glândulas que ficam perto dos bulbos capilares e dificulta o crescimento. “Claro que devemos também pensar na multiplicidade de fatores e não achar que a presença de um exclui o outro”, acrescenta o dermatologista Valcinir Bedin.

Soluções

  • A melhor forma de garantir um crescimento saudável dos cabelos é evitar todos os problemas citados acima. Portanto, não descuide da alimentação, que deve ser saudável e variada. “Dietas radicais são proibidas. Por exemplo, na segunda-feira, não comer nada. O corpo interpreta isso como ausência de nutrição e para de fazer cabelos”, explica Bedin.
  • Também beba cerca de oito copos de água por dia, para manter seu corpo sempre hidratado, e pratique exercícios regularmente.
  • Evite os excessos, principalmente de álcool, fumo e anabolizantes sem orientação médica.
  • Os produtos que usar nos cabelos merecem atenção especial: não aplique xampus com sal ou corantes.
  • O uso das versões adequadas para o seu tipo de cabelo também pode ajudar.
  • Evite condicionadores ou produtos que tiverem silicone em sua composição no couro cabeludo: eles devem ser aplicados só nos fios.
  • Sempre que fizer uma tintura, alisamento ou outro procedimento que envolva a aplicação de química, procure um profissional capacitado e que só utilize produtos autorizados pelo Ministério da Saúde.
  • Outra dica é evitar o sol nos horários em que a incidência é mais forte, já que os raios ultravioleta danificam os bulbos capilares.

Substâncias auxiliadoras

Não há nenhuma substância que favoreça o crescimento. “Só o fato dos xampus higienizarem o couro cabeludo, deixando-o saudável, já é uma ajuda no crescimento normal dos fios”, comenta Barsanti.

Algumas substâncias podem melhorar as condições do bulbo capilar. Barsanti aponta o silício orgânico, encontrada na cavalinha e em peixes de mar profundo, como a sardinha. Ela funciona como um antioxidante do bulbo capilar e das células do cabelo e estabilizador de colágeno, que sustenta as estruturas do couro cabeludo. “O silício orgânico faz com que artérias, músculos e o bulbo tenham boas condições de exercer suas funções, como fazer cabelo”, completa Barsanti.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Luciano Barsanti, tricologista, diretor do Instituto do Cabelo e autor do livro Dr. Cabelo. E-mail: [email protected] Valcinir Bedin, dermatologista, tricologista e presidente da Sociedade Brasileira para Estudos do Cabelo

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.