MODA & BELEZA

Como arrumar o corte de cabelo que deu errado

O cabelo não ficou do jeito que você queria? Saiba que dá para recorrer a um novo corte ou disfarçar com acessórios e finalizadores!

None
Foto: iStock/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 30/05/2016 às 10:08
Atualizado às 12:35

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Antes de se desesperar, saiba que é possível disfarçar e até mesmo arrumar um corte que deu errado. Seja uma franja que ficou curta demais ou um repicado que armou o cabelo, há formas de esconder o problema até que os fios cresçam de novo ou retornar ao salão para o hairstylist dar um jeito no visual. Confira as soluções para quando a tesoura vira a vilã da história!

Mulher com tesouras

Foto: iStock/Getty Images

A franja ficou muito curta

É possível disfarçar, usando-a de lado ou com acessórios para prender. “Presilhas são saídas paliativas enquanto os fios voltam a crescer. Para as mulheres mais despojadas, assumir uma franja um pouco mais curta que a altura habitual também é uma excelente dica para mudar e compor o look”, sugere Daniele Nascimento, técnica da Embelleze.

SAIBA MAIS

Desvende os mitos que danificam seus fios
Saiba tudo sobre cabelos seguindo os hairstylists das famosas no Instagram
Velaterapia: a técnica que extermina com as pontas sem mudar o comprimento

Corte de cabelo zero volume

Enquanto alguns cortes podem deixá-la com os cabelos armados, outros podem fazer os fios ficarem totalmente murchos. Nesse caso, é possível “consultar um hairstylist, para que ele faça um novo corte com diversas camadas e, assim, o cabelo ganhe volume”, indica Beto Paschoal, hairstylist do salão Jacques Janine, de São Paulo. Outra dica é utilizar xampu neutro e aplicar o condicionador apenas nas pontas dos fios.

Cachinhos sem definição

O corte é o fator principal para definir os cachos. Mas, se as suas molinhas acabaram perdendo o formato depois da ida ao salão, não se preocupe! “Aposte em hidratações com produtos específicos para seu tipo de fio e utilize leave-in na hora da secagem. Um difusor pode ajudar a garantir o formato dos cachos”, aponta Beto Paschoal.

Mulher segurando secador e escova de cabelo

Foto: iStock/Getty Images

Repicou e armou?

Além de procurar um hairstylist de confiança e saber se há a possibilidade de mudar o ângulo do corte, também é possível que você mesma dê um jeitinho no volume até que as madeixas cresçam novamente. “Usar um leave-in ou optar por tratamentos de redução de volume são excelentes saídas. Além disso, evite deixar o cabelo secar naturalmente”, explica Daniele.

Envelheceu o visual

Apostou no corte joãozinho para dar uma modernizada, mas o estilo acabou envelhecendo o look? Nesse caso, uma opção é “estilizar o corte usando pomada, gel ou mousse. A pomada estilizadora dá formas assimétricas e únicas aos fios, deixando-os desconectados”, comenta Daniele. Outra alternativa é apostar nas luzes ou mechas finas para conferir jovialidade!

Muito infantil?

A franja reta pode ser um problema para mulheres mais maduras, pois tende a infantilizar o look. Caso isso aconteça, uma sugestão simples é voltar ao salão e desfiar a franja. Mas, se preferir não arriscar na tesoura, apostar em acessórios, como presilhas, tiaras e lenços pode ser, uma boa saída!

Texto: Juliana Borges/Colaboradora | Consultoria: Beto Paschoal, hairstylist do salão Jacques Janine, de São Paulo, (11) 3744-1125; Daniele Nascimento, técnica da Embelleze.