Alongamento sem segredos: dicas para ter o cabelão dos seus sonhos!

Quer fazer alongamento nos fios mas não sabe por onde começar? Siga essas dicas e veja qual o tipo da técnica que mais se encaixa em você e no seu bolso!

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/12/2016 às 18:39
Atualizado às 11:58

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você tem cabelo curto ou médio e sonha com as madeixas bem longas, a tecnologia trabalhou a seu favor. Existem vários métodos de alongamento capilar que podem se adequar ao seu tipo de cabelo e deixar seus fios longos como você sempre sonhou. O resultado fica lindo, mas os preços são bem salgados. Converse com seu cabeleireiro de confiança e faça uma pesquisa para encontrar um orçamento que seja compatível com seu bolso (e desconfie quando estiver muito barato). Confira os mais conhecidos tipos de alongamentos e descubra se ele é ideal para seu tipo de cabelo e para o seu bolso também.

Menina com cabelos longos

Foto: Shutterstock.com

Alongamento com Megahair

Como é feito: é usada cola quente de silicone para fixar as mechas extras no cabelo que será alongado.

Indicação: pessoas com pouco cabelo, sem volume e acima de 18 anos. Por que? André Pio, cabeleireiro do salão Walter’s Coiffeur, do Rio de Janeiro (RJ), explica: “Antes dessa idade, as meninas costumam ser menos cuidadosas com os cabelos e para esse tipo de aplique é fundamental manter os cuidados básicos”. Fios com alisamento, mechas ou qualquer outro tipo de química pode receber o aplique sem problemas.

Vantagens: além de alongar os fios, dá volume e ajuda no combate à queda. “Ele não cessa a queda total, mas ajuda a diminuir”, explica André .

Desvantagens: a constante manutenção e o pouco tempo de duração do aplique.

Antes do procedimento: para alongar os fios, os cabelos precisam estar saudáveis, sem queda anormal e com o couro saudável e hidratado.

Depois do procedimento: o cabelo não poderá ser lavado por 3 dias. Para dormir, ir à praia e à piscina, faça uma trança ou rabo de cavalo para não embaraçar. Use escova ou pente sempre com cerdas largas.

Manutenção: a cada dois meses, feita em salão. Hidratação pelo menos uma vez ao mês também é necessária.

Duração: no máximo três meses. A remoção é feita no salão.

Preço médio: pode variar de R$ 1.700,00 a R$ 3.000,00.

Alongamento com Microlink

Como é feito: utilizam-se pequenos anéis de metal e mechas com pontas de queratina. O anel é colocado perto do couro cabeludo e fixado junto com o cabelo natural.

Indicação: cabelos muito ralos, sem volume e sem força. Também podem usar o aplique pessoas que fizeram alisamento, mechas ou qualquer outro tipo de química.

Vantagens: assim como o megahair, o microlink aumenta o volume e ajuda a combater a queda.

Desvantagens: embaraça mais rápido, necessitando de cuidados redobrados.

Antes do procedimento: o couro cabeludo precisa estar saudável, sem queda dos fios e hidratado.

Depois do procedimento: deve-se ter os mesmos cuidados indicados para o megahair.

Manutenção: uma vez ao mês, feita no salão. A hidratação também deve ser mensal.

Duração: máximo de dois meses, com remoção feita por um profissional.

Preço médio: pode variar de R$ 2.700,00 a R$ 4.000,00.

Alongamento com Great Lenghts

Como é feito: essa técnica é italiana e usa mechas de cabelos naturais com queratina na ponta. A aplicação é feita com uma minichapinha quente e um aparelho de ultrassom para unir os fios.

Indicação: alongar e criar um aspecto de volume.

Vantagens: o processo todo é rápido e o acabamento é bem natural.

Desvantagens: “Acostumar com a queratina da técnica, por mais imperceptível que seja, sempre é algo estranho, mas tudo é questão de hábito”, explica Sérgio G., hairstylist do Salão Studio W, de São Paulo (SP).

Antes do procedimento: é preciso ter o couro cabeludo saudável, sem queda anormal dos fios e cabelo com resistência e estrutura para a fixação.

Depois do procedimento: deve-se ter os mesmos cuidados indicados para as outras técnicas.

Manutenção: a cada 90 dias, feita no salão.

Duração: no máximo cinco meses. A remoção deve ser realizada por um profissional com alicate e solvente próprios.

Preço médio: pode variar de R$ 2.000,00 a R$ 4.000,00.

Alongamento com Nó italiano

Existe ainda a técnica do nó italiano, em que as mechas são amarradas com elástico em minitrancinhas feitas na raiz do cabelo. Porém, André Pio, dá uma dica importante: “Não recomendo esse tipo de alongamento, pois ele prejudica muito o cabelo e não permite a lavagem dos fios, além de estimular a criação de fungos”, finaliza.

Texto: Aline Alvarenga Consultoria: André Pio, cabeleireiro do salão Walter’s Coiffeur, do Rio de Janeiro (RJ); Sérgio G, hairstylist do salão Studio W, de São Paulo(SP)

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.