Astral Cultural deixa a Bienal em êxtase com lançamento de livro

Josy Stoque lança primeiro livro da trilogia Puro Êxtase na Bienal de São Paulo 2016. Ela conversou sobre o lançamento com a Alto Astral. Confira!

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural
Por Redação Alto Astral - 01/09/2016

FOTO: Denis Lira

Josy Stoque tem apenas 6 anos de carreira, mas já é uma autora best-seller. Com diversos livros lançados nos últimos anos, se tornou um dos principais nomes da literatura hot no país.

A Astral Cultural relançou, na Bienal, o primeiro volume da Trilogia Puro Êxtase. O portal Alto Astral esteve lá e conversou com a autora sobre a vida de escritora. Confira:

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural

FOTO: Denis Lira

Alto Astral: Quando você começou na escrita? O que te levou a começar a escrever?

Josy Stoque: Foi na adolescência, foi aí que eu me apeguei ao romance. Eu tinha uma amiga que também gostava, nós estávamos planejando estudar juntas e então, naquela brincadeira de ‘vamos escrever um livro’, a gente foi lá e fez.

AA: Qual foi a trama da sua primeira história?

JS: Era um assassinato em uma praça – bem do interior, fui criada no interior de São Paulo então ambientei assim  uma jornalista estava cruzando a praça e ela encontra o corpo. Ela acaba se envolvendo na investigação por isso, e aí colocamos um romance no meio, o contato com os policiais que estavam investigando de verdade. Eram dois volumes ainda!

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural

FOTO: Reprodução

AA: Quando você migrou para o Hot e o que te levou a fazer isso?

JS: Eu voltei a escrever profissionalmente em 2010, eu tinha quase 30 anos, era casada, e comecei com uma fantasia. Em 2012 me separei, voltei para a minha cidade natal e para a casa dos meus pais, mas decidi continuar escrevendo. Foi aí que uma amiga minha que estava curtindo a solteirice me deu a dica de escrever sobre isso, sobre essa liberdade pós-divórcio. Foi uma terapia! Eu descobri muito sobre mim, sobre me valorizar, sobre ir atrás dos meus sonhos e brinquei também com a parte sexual da coisa e joguei tudo isso no livro. O enredo é ficcional, mas tive uma leve inspiração no que aconteceu comigo.

AA: Puro Êxtase foi seu primeiro livro Hot?

JS: Sim, e é uma trilogia. Tem mais duas fases na vida da protagonista para ela enfrentar, porque ele tem um medo muito grande de que todos os relacionamentos dela fracassem como o primeiro fracassou.

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural

FOTO: Divulgação

AA: Você iniciou na auto publicação, você se considera a precursora dos auto publicados no país?

JS: Foi algo assim, apesar de a auto publicação já existir antes, era algo que não tinha muita visibilidade. O autor pagava do próprio bolso, imprimia e ficava por isso. A Internet escancarou isso, mostrou pra todo mundo o trabalho que estávamos fazendo.

AA: Quais dicas você dá pra quem quer começar com auto publicação?

JS: Primeiramente eu acredito que você precisa publicar! Se você acha que seu texto já está pronto para ser mostrado, está lapidado o suficiente, apenas publique. Mas nisso também tem que ter cuidado, porque seu texto precisa estar realmente bom, sem furos, porque a Amazon é uma grande vitrine para as editoras, então sim, eu sempre vou indicar a auto publicação.

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural

FOTO: Divulgação

AA: Como surgiu o convite da Amazon para traduzir seus livros para o inglês?

JS: Foi muito legal, eu fiquei extremamente feliz. Foi via Skype, a gerente à época entrou em contato comigo e me deu a notícia direto, ela estava selecionando alguns nacionais para serem publicados lá fora e eu fui a única auto publicada escolhida. Foi maravilhoso.

AA: Pode adiantar alguma novidade do que vem aí pela Astral Cultural?

JS: A trilogia Puro Êxtase vai ser lançada inteira pela editora, além disso, eu tenho a ideia de fazer um spin-off. É a história de uma amiga da personagem principal e eu planejo algo mais divertido, diferente do Puro Êxtase que é um pouco mais dramático. Vai chamar Puro Amor e vai sair direto pela Astral Cultural, esse não vai ser auto publicado.

lançamento, puro extase, Bienal 2016, livros, Astral Cultural

FOTO: Reprodução

Confira todos os lançamentos da Astral Cultural.

Texto por Denis Lira

LEIA TAMBÉM