Apresentadora da Record é demitida por dizer que voltaria para a Globo

Após 13 meses no comando do telejornalismo, a apresentadora da Record é demitida após dizer para uma fã em suas redes sociais que voltaria a trabalhar para a Rede Globo, emissora concorrente

apresentadora da record é demitida
Foto: Divulgação/Record

Na última sexta-feira (31), uma das filiais da Record na Bahia, a TV Itapoan, mandou embora a apresentadora de seu telejornal BA Record. Patrícia Abreu, que comandava o programa há 13 meses, foi desligada da emissora sem ter sequer a oportunidade de despedir-se de seu público. Segundo informações do colunista Daniel Castro, a apresentadora da Record é demitida por dizer que voltaria para a Globo.

Em suas redes sociais, Patrícia Abreu teria comentado com uma fã que aceitaria retornar para a Rede Bahia, afiliada da Globo, onde trabalhou por 13 anos como apresentadora do Globo Esporte da região nordestina.

apresentadora da record é demitida

Foto: Reprodução/Instagram

Ainda segundo o colunista, o comentário feito pela apresentadora em seu Instagram passou a circular em grupos de WhatsApp de funcionários da Record e acabou vazando entre os outros veículos de comunicação baianos. Um dia antes de suas férias na filial, Patrícia teria sido chamada para uma reunião, em que recebeu a notícia de seu desligamento.

“A audiência estava boa e gostaria de falar sobre a minha saída, mas ele (diretor-geral da TV Itapoan) foi embora. Ele me avistou no shopping, mudou de caminho, mas eu fui atrás. Foi ele quem me contratou, mas não estava no dia da demissão. Quando perguntei o motivo de ser demitida, ele apenas saiu andando sem falar nada. Achei uma tremenda falta de respeito”, declarou a apresentadora.

Além de sempre demonstrar sua saudade e admiração pelo Globo Esporte, Patrícia Abreu curtia publicações da emissora e de seus ex-colegas de trabalho.

Questionada pelo Notícias da TV, a TV Itapoan alegou que a demissão ocorreu por ‘questões editoriais’.

LEIA TAMBÉM: