Saiba como a ansiedade pode mudar o rumo da sua dieta

A ansiedade está diretamente ligada à compulsão alimentar e, consequentemente, aos resultados da sua dieta. Saiba como controlar esse problema

mulher fazendo boas escolhas alimentares
Foto: Shutterstock.com

Boca salivando e estômago reclamando é sinal que é hora de comer, certo? Nem sempre. Às vezes, a ansiedade aparece mascarada de fome e faz com que você desconte nos alimentos. E, na maioria dos casos, as refeições desejadas são pobres em nutrientes e com alto poder calórico. Se não for controlada, a ansiedade pode não só prejudicar a sua dieta, como também diminuir a sensação de bem-estar e evoluir para quadros mais sérios de compulsão alimentar. Fique ligada e entre nos trilhos!

Problemão da dieta

Quando a pessoa está ansiosa, o organismo libera uma quantidade maior dos hormônios adrenalina e cortisol. O último está associado ao acúmulo de gordura, principalmente na região do abdômen. Além disso, Maria Cristina Furtado da Silva, nutricionista da rede Saúde no Copo, destaca: “Esses hormônios reduzem a queda dos níveis de serotonina, um neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar”. Sem ânimo, fica ainda mais difícil seguir a rotina alimentar correta. O hábito de beliscar também é fruto da compulsão e deve ser evitado.

Driblando a ansiedade

Uma forma de conter a compulsão e a fome fora de hora é apostar em alimentos calmantes e que saciem. Preparar um mix de frutas secas e oleaginosas para não deixar o desejo aparecer nos intervalos das refeições é uma ótima maneira de não cair em ciladas. Não ficar parada também garante uma melhora no quadro: “Exercícios liberam endorfina na corrente sanguínea, conferindo uma sensação de bem-estar e prazer”, ressalta Maria. Mas lembre-se: o acompanhamento psicológico é recomendado para avaliar o nível de ansiedade e indicar o melhor tratamento.

Necessidade ou desejo?

A fome nada mais é que uma forma do organismo avisar que precisa de nutrientes para continuar funcionando com vitalidade e energia. Já a vontade de comer se caracteriza pela sensação de que o corpo precisa de algo além das refeições para obtenção do prazer.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Maria Cristina Furtado da Silva, nutricionista da rede Saúde no Copo

LEIA TAMBÉM