Minha amiga está sendo traída, e agora?! Contar ou não contar?

Entenda por que ela precisa saber a verdade sobre o que está acontecendo

amiga traída
Arte: Shutterstock

A sensação de ter uma amiga traída é quase como se estivesse acontecendo com nós mesmas, né? A situação é muito complicada e o que já é difícil, pode se tornar ainda mais complexo se você descobre sobre a traição antes mesmo do que ela. Afinal, o que fazer?

Quando o assunto é relacionamento, é comum que não se enxergue a verdade que está diante dos olhos e que se acredite em justificativas insustentáveis para tentar manter a relação. Por fim, será que vale a pena arriscar a amizade contando a verdade?

Alguns fatores podem mudar drasticamente a decisão de expor a situação. A proximidade com a amiga traída, se ela é estável o suficiente para escutar uma informação como essa ou até mesmo se existem provas para sustentar o argumento.

A verdade é que a maioria das pessoas diria sem pensar duas vezes que exporia a traição, mas na realidade não conseguiriam. De qualquer forma, a questão é que revelar esse tipo de informação não deveria ser prejudicial em nenhum nível (claro, se sua intenção for realmente ajudar) e por isso nós separamos alguns motivos porquê compartilhar é mais do que necessário.

Por que a amiga traída precisa saber a verdade? 

1. Você não está acabando com um relacionamento se ele só existe para uma das partes envolvidas

Uma relação deve ser baseada na confiança e se um dos lados rompe com ela é sinal de que a sintonia entre o casal já não é a mesma e o respeito deixou de ser (ou nunca nem mesmo foi) mútuo. Se existe um acordo de monogamia, ele precisa ser cumprido e os dois precisam ser sinceros sobre o que desejam.

2. É uma questão de consideração

Será que você gostaria de quebrar essa confiança que mantém na sua amizade ao omitir essa informação? Se a pessoa traída não for muito próxima, uma boa opção é contar para alguém que ela escutará. Você estará fazendo sua parte. Muito provavelmente você iria gostar de saber se o mesmo estivesse se passando na sua vida. Fora que ser a última a tomar conhecimento sobre algo que nos diz respeito pode causar um sofrimento maior ainda.

3. Reflita sobre o que pode indicar caso sua amizade acabe por conta disso

Você, por fim, resolveu revelar a traição e sua amiga não acreditou em você. Talvez ela só precise de um tempo, o que é mais do que natural. Mas, existe outra possibilidade um pouco mais dura do que essa e que é até mais comum. O fato de sua amiga não crer nas suas palavras (independente do fato de ter ou não provas), pode ser um indicativo de que ela não tem sua amizade como prioridade. Se a relação é realmente verdadeira não há motivos para muitos questionamentos. E mais uma vez: está tudo bem com isso! Ter a consciência limpa sobre suas ações e motivações é o que realmente importa.

4. A verdade é que não é justo guardar isso para você 

Além de que esse tipo de situação pode acabar corroendo por dentro. Fechar os olhos sobre ela pode ser extremamente prejudicial para quem está no relacionamento, por muitas razões. Quanto mais tempo a pessoa envolvida se entregar a algo sem nenhuma proteção e continuar vivendo essa mentira, mais vai ser doloroso quando ela cair na real sobre o que de fato está acontecendo.

Fora a dor que vem acompanhada do fim, é preciso pensar friamente sobre o que pode acontecer caso ele não chegue logo – e de uma vez por todas. Traições acontecem muito comumente em relacionamentos abusivos e tóxicos. O risco do desenvolvimento de codependência emocional, ansiedade e, até mesmo, comportamentos agressivos é grande. Avisar e estar presente para ajudar e aconselhar nunca é demais. Em alguns casos você poderá estar poupando um grande sofrimento ou até mesmo uma vida.

Leia também: