Salas integradas ganham amplitude com móveis sob medida!

A ideia deste projeto, desenvolvido pela arquiteta Carmen Calixto, foi criar um ambiente aconchegante para receber os amigos. Por isso, a profissional optou por salas integradas – de jantar e de estar – e conseguiu aproveitar ao máximo o espaço de 19m². Linhas retas e móveis de vidro foram alguns dos recursos utilizados para aumentar a sensação de amplitude no local.

salas integradas

Foto: Henrique Queiroga/Divulgação

Tamanho ideal

Como a metragem desta sala é reduzida, a arquiteta escolheu um móvel pequeno e discreto para a tevê. “Trabalhamos com um painel de MDF do piso ao teto, no padrão demolição, para embutir os fios, e utilizamos um nicho em laca areia para abrigar os equipamentos”, detalha. O buffet, próximo à mesa, também não ocupa muito espaço e serve de apoio para guardar louças e outros utensílios.

Truques: salas integradas

Para fazer o ambiente parecer mais espaçoso, alguns truques de decoração foram necessários. “Trabalhamos com linhas bem retas, móveis leves e com dimensões adequadas para que o local tivesse uma boa circulação. A mesa de vidro ajudou a dar a ideia de leveza e amplitude”, comenta Carmen.

Luzes

A iluminação, além de funcional, também pode compor um estilo de decoração. “Utilizamos lâmpadas AR 70 para suavizar e, nas paredes, trabalhamos com as luzes de forma decorativa, usando uma arandela do tipo pá próxima à mesa de jantar”, conta a arquiteta. Já os rasgos de luz, feitos no painel atrás das poltronas, deixaram o ambiente mais sofisticado.

LEIA TAMBÉM