Alimentos orgânicos: saiba quais são os principais benefícios!

Você sabia que as verduras orgânicas não são apenas aquelas produzidas sem agrotóxicos? Veja quais são as principais diferenças!

salada-verduras-orgânicas
Foto: Shutterstock

Fala-se muito sobre a vantagem dos alimentos orgânicos para a saúde. Mas, afinal, o que eles têm de benéfico? Confira abaixo!

salada-verduras-orgânicas

Foto: Shutterstock

Quais são as diferenças?

“A produção de orgânicos não utiliza agrotóxicos como inseticidas, herbicidas, fungicidas ou adubos químicos, transgênicos ou fertilizantes sintéticos. Logo, são mais seguros para o consumidor e não contaminam o meio ambiente”, explica a nutricionista Patrícia Villas-Bôas de Andrade, professora da Faculdade de Medicina de Petrópolis (RS).

Os alimentos orgânicos deveriam ser a preferência de quem busca uma alimentação saudável e rica em nutrientes. Isso porque, além de enriquecer o corpo com os elementos essenciais para o bom funcionamento do organismo, eles não estão carregados de material tóxico. Entre os maiores benefícios desse tipo de alimento estão o sabor e a pureza.

As vantagens dos orgânicos são a preservação do sabor original do alimento, que é mantido devido à ausência de produtos químicos, e a maior quantidade de antioxidantes e polifenóis presentes, o que auxilia na prevenção contra doenças cardiovasculares e crônico-degenerativas, como o câncer. “Estudos têm demonstrado que os resíduos de agrotóxicos que permanecem nos alimentos podem provocar reações alérgicas, respiratórias, distúrbios hormonais, doenças neurológicas e câncer”, diz a nutricionista.

alimentacao-saudavel

Foto: iStock.com/Getty Images

Garantido!

Para ser considerado orgânico, o alimento precisa de uma certificação, ou seja, é necessário que ele receba um selo que ateste que ele foi cultivado dentro das normas desse tipo de agricultura. “Os agricultores devem ser cadastrados junto ao órgão fiscalizador. No Brasil, a certificação orgânica é realizada por cinco certificadoras nacionais e outras 13 internacionais. Dentre elas encontramos o Instituto Biodinâmico (IBD), a Associação de Agricultura Orgânica (AAO) e a Fundação Mokiti Okada (MOA). O Governo Federal criou um sistema oficial para controlar a produção e comercialização de produtos orgânicos e todo produto orgânico brasileiro tem o selo de identificação do ´Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica´”, alerta a nutricionista.

 

Texto: Vivian Garcia

Consultoria: Patrícia Villas-Bôas de Andrade, nutricionista

 

LEIA TAMBÉM: