Veja quais alimentos são indicados em quadros de pânico

Uma alimentação balanceada é essencial para quem lida com crises de ansiedade e pânico. Veja quais alimentos são indicados contra a síndrome do pânico.

Por Augusto Biason - 13/09/2016
Veja quais alimentos são indicados em quadros de pânico

FOTO: iStock.com/Getty Images

Assim como em qualquer dieta, uma refeição equilibrada e com boa variedade de alimentos é essencial para quem quer evitar crises de pânico. “Uma alimentação colorida e diversificada promove o fornecimento de micronutrientes e vitaminas para o equilíbrio correto do organismo de forma completa”, salienta a nutricionista Fernanda Marques.

Assim, Fernanda e a também nutricionista Andréa Marim fazem sugestões de alimentos que devem ser consumidos:

Brócolis

Veja quais alimentos são indicados em quadros de pânico

FOTO: iStock.com/Getty Images

Esse vegetal é rico em ácido fólico, essencial para a liberação da serotonina. “Além de garantir o bom humor, renova as células e previne defeitos no sistema nervoso dos fetos, portanto é essencial para as gestantes”, aponta a nutricionista Andrea Marim.

Espinafre e folhas verde-escuras

Aposte nos vegetais folhosos com esse tom. Eles possuem quantidades generosas de magnésio, nutriente que atua na produção de energia. Além disso, apresentam potássio e vitaminas A, C e do complexo B, que ajudam a manter o sistema nervoso tranquilo.

Alface

Essa é uma folha muito comum na mesa dos brasileiros e é também uma importante aliada para controlar crises de ansiedade e pânico. Isso porque a alface tem lactucina, substância encontrada em maior quantidade nos talos e no coração do vegetal.

Peixes e frutos do mar

Algumas espécies de peixe, como salmão, sardinha, arenque e atum, além de camarões e lagostas, frutos do mar bastante consumidos, são ricos em ômega-3, um ácido graxo com diversos benefícios para o organismo. “Ele influencia na produção de neurotransmissores, substâncias que, em desequilíbrio, provocam uma série de distúrbios mentais”, salienta a nutricionista Fernanda Marques. Esses alimentos também são fontes de minerais importantes, como selênio e zinco.

 

Veja mais:

Síndrome do pânico: veja quais alimentos não devem ser consumidos

Meditação e ioga são alternativas contra a síndrome do pânico

Síndrome do pânico: tratamento visa o equilíbrio químico do organismo

Consultorias: Andréa Marim, nutricionista da Clínica Michele Haikal; Fernanda Martins, nutricionista.

Texto: Thiago Koguchi – Edição: Augusto Biason/Colaborador