Inclua alimentos curinga no dia a dia e sinta a diferença na balança!

Existe uma maneira fácil de eliminar os pneuzinhos para sempre: basta incluir alimentos curinga no dia a dia e sentir a diferença em suas roupas preferidas!

Alimentos coringa, saudáveis, frutas, secas, xícara, chá, nozes
Foto: Shutterstock.com

O cardápio proposto pela médica nutróloga e ortomolecular Tamara Mazaracki, é o que você precisava para colocar um ponto final na guerra contra a balança. Rico em carnes magras, frutas, legumes e grãos integrais, o plano alimentar te dá a liberdade de recorrer aos alimentos curinga na hora da fome. Além do menu, a profissional aconselha que, para diminuir medidas, você deve moderar na quantidade de sal, beber 2 litros de água (para favorecer a ação das fibras), evitar produtos embutidos e enlatados, mastigar devagar e respeitar o horário das refeições.

Alimentos coringa, saudáveis, frutas, secas, xícara, chá, nozes

Foto: Shutterstock.com

Cardápio com alimentos curinga

Café da manhã

  • 2 ovos mexidos
  • 2 rolinhos de peito de peru light
  • 1 torrada integral
  • 1 copo (200ml) de mate sem açúcar com gotas de limão

Lanche da manhã

  • 1 copo grande (250ml) de água de coco batida com 2 colheres (sopa) de leite de coco light

Almoço

  • 1 prato (sobremesa) de salada de tomate com palmito, temperada com azeite e vinagre
  • 3 colheres (sopa) de quinoa em grãos cozida
  • 1 bife grelhado
  • 1 xícara (200ml) de chá-verde

Lanche da tarde

  • 1 taça de gelatina diet com 1/2 laranja picada

Jantar

  • 1 prato (sobremesa) de salada de vagem, cenoura e abobrinha cozidas no vapor, temperada com azeite e vinagre
  • 2 colheres (sopa) de arroz integral
  • 1 filé de frango grelhado

Ceia

  • 1 pote (170g) de iogurte desnatado batido com 3 amêndoas

Guia de alimentos coringa

Conheça os principais detonadores de gorduras e como eles ajudam a eliminar as gordurinhas

Proteínas magras: estudos comprovam que seguir um cardápio que contenha alimentos desse grupo pode queimar até duas vezes mais gordura. Elas podem ser encontradas em ovos, peito de peru, bife e frango.

Quinoa: “É rica em fitoecdisona, um tipo de molécula que ajuda a reduzir o percentual de gordura corporal e melhora o tônus muscular”, explica Tamara.

Amêndoas: fontes de fibras e ácidos graxos, mantêm a fome controlada por mais tempo, já que estimulam os hormônios da saciedade. Uma pesquisa mostrou que consumir 84g de amêndoas por dia (durante 6 meses) é capaz de diminuir cerca de 18% do peso total do corpo e até 14% de medidas na cintura.

Limão e laranja: a vitamina C presente nessas frutas estimula o organismo a gastar em média 30% a mais de gordura por dia, pelo menos é o que dizem pesquisas realizadas sobre o assunto. “A vitamina C acelera o emagrecimento porque participa da produção da carnitina, uma molécula que combate o acúmulo de gordura na região abdominal”, afirma a médica.

Carboidratos integrais: pão, torrada, arroz e massas ricos em fibras favorecem o bom funcionamento do intestino e reduzem o índice glicêmico, evitando o excesso de insulina, hormônio que estimula o estoque de pneuzinhos.

Coco: contém uma gordura chamada monolauril, responsável por diminuir o percentual de gordura corporal. Essa substância também atua no funcionamento da tireóide, acelerando o metabolismo e facilitando o processo de emagrecimento. “A água de coco ajuda a perder peso graças à sua ação diurética, que desincha o abdômen”, completa Tamara.

Texto: Jacque Lopes | Consultoria: Tamara Mazaracki, médica nutróloga e ortomolecular, do Rio de Janeiro (RJ)

LEIA TAMBÉM