Alimentação infantil: 5 respostas sobre hábitos alimentares das crianças

É normal surgirem dúvidas quanto à melhor maneira de alimentar os filhos. Veja 5 respostas sobre os hábitos alimentares das crianças.

menina comendo sorrindo
Foto iStock.com/Getty Images

A alimentação das crianças é essencial para um bom desenvolvimento. É normal surgirem dúvidas quanto à melhor maneira de alimentar os filhos e, para te ajudar na tarefa, a nutricionista Patrícia Cruz, especialista em obesidade infantil e adulta, respondeu 5 perguntas sobre o tema. Confira!

menina comendo sorrindo

Foto iStock.com/Getty Images

Crianças podem escolher os horários das refeições?

O indicado é que os pais estipulem horários para comer, assim, outras atividades não serão prejudicadas ou a alimentação deixada para “outra hora”. “É essencial para a criança ter uma rotina saudável de sono. Portanto, dormir cedo e ter horários bem definidos de refeição”, afirma Patrícia.

Frutas com casca?

As cascas das frutas têm maior concentração de fibras, por isso, devem ser oferecidas assim.

Quando devo oferecer refrigerantes e doces?

Patrícia afirma que os refrigerantes não devem ser oferecidos nunca! Já os doces podem entrar em um cardápio balanceado. “Os doces podem ser consumidos quando as crianças começam a fase escolar”, comenta. Mas não permita todos os dias: deixe para os fins de semana ou datas especiais, como festinhas dos amigos.

Leia também:

Criança pode ser vegetariana?

O ideal é não retirar nenhum alimento da dieta, mas há crianças que se incomodam em comer carne. Nesses casos, segundo patrícia, se o cardápio for balanceado e com as trocas ideais para evitar deficiências de nutrientes, elas podem ser seguidas. Mas, atenção: quando seu filho se recusar a comer carnes, procure imediatamente um nutricionista para montar um plano alimentar que não interfira negativamente no desenvolvimento da criança.

Meu filho não come mais alimentos saudáveis, e agora?

Quando as crianças passam a ter um pouco mais de autonomia, é normal passarem a preferir alimentos como salgados, refrigerantes. Segundo a nutricionista, isso ocorre por mudanças hormonais e novo estilo de vida, como entrar para a escola, por exemplo, onde alimentos industrializados são encontrados facilmente nas cantinas. Nesse caso, converse com seu filho e explique a importância de alimentos saudáveis e, em casa, estimule refeições balanceadas.

 

Consultoria Patrícia Cruz, nutricionista