Adolescentes obesos apresentam problemas na mastigação

Segundo pesquisa, adolescentes obesos apresentam problemas na mastigação, agravando o problema, que pode sobrecarregar os dentes, ossos e musculatura

Adolescentes obesos apresentam problemas na mastigação
Foto: iStock

A maioria dos adolescentes obesos apresentam problemas na mastigação, segundo pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). O estudo analisou a forma de comer de 230 jovens e constatou que a maioria mastiga de um lado só da boca, ou usa técnicas para ajudar na mastigação, como adição de molho à comida e ingestão de líquidos.

Segundo a dentista Paula Midori Castelo, professora adjunta do Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas da Unifesp, que coordenou a pesquisa, foram selecionados para a análise adolescentes saudáveis com idade entre 14 e 17 anos. Entre os adolescentes, havia os considerados magros, com sobrepeso e, em um nível mais preocupante, os obesos. Nenhum apresentava problemas dentários como cárie ou necessidade de tratamento ortodôntico.

Adolescentes obesos apresentam problemas na mastigação

Foto: iStock

Nos testes, feitos na Faculdade de Odontologia da Unicamp, na cidade de Piracicaba, os voluntários foram filmados enquanto se alimentavam, para que os pesquisadores avaliassem seus possíveis hábitos alimentares que podem contribuir para a obesidade. Paula disse que a maior parte dos obesos pratica a mastigação unilateral, um problema comportamental, sem relação com problemas dentários. Essa falha sobrecarrega os dentes, ossos e musculatura de um lado da arcada dentária.

Erros frequentes na mastigação de adolescentes obesos

Mastigação automática: ocorre quando a pessoa se distrai enquanto come, por exemplo, vendo televisão, lendo revistas, falando ao telefone e pensando em outros assuntos;

Agitação: acontece quando o alimento é ingerido rapidamente, fazendo a pessoa perder o controle da quantidade que come e, consequentemente, excedendo nas porções;

Conversar durante a refeição: assim, podemos engolir ar, o que causa desconforto abdominal e formação de gases;

Ficar todo o tempo com os talheres nas mãos: a pessoa fica ansiosa para dar a próxima garfada; Usar utensílios grandes: porções maiores acabam sendo colocadas na boca.

 

Leia também: