Ácaros: saiba o que são e como eliminá-los

Os ácaros são seres microscópicos que se proliferam em ambientes como colchões e travesseiros, devendo ser combatidos para garantir bem-estar.

Espirros e nariz escorrendo podem ser sintomas da presença de ácaros
FOTO: iStock e Getty Images

Nariz escorrendo, espirros que não param, obstrução nasal, coceiras, olhos vermelhos e lacrimejando… Quem sofre com alergias respiratórias precisa encarar todos esses transtornos, sendo que, muitas vezes, eles são causados por alérgenos minúsculos que vivem dentro da nossa própria casa: os ácaros.

 

Espirros e nariz escorrendo podem ser sintomas da presença de ácaros

FOTO: iStock e Getty Images

 

Trata-se de micro-organismos visíveis apenas no microscópio e divididos em mais de 30 mil tipos. No entanto, os que ameaçam os portadores de alergias são aqueles presentes na poeira domiciliar. “Todos os cômodos da casa podem ser morada para os ácaros, pois, em todos eles, criamos condições para que se instalem sem que a gente perceba e por lá se alimentem”, comenta a personal organizer Simone Serrano.

 

Cuidados domésticos para afastar os ácaros

A boa notícia é que, apesar de remover os ácaros do ambiente domiciliar não ser uma missão das mais simples, é possível, sim, aplicar algumas atitudes que tornem a quantidade dessas espécies suportáveis para os alérgicos – é o que os imunologistas chamam de profilaxia ambiental. Confira algumas dicas!

 

SAIBA MAIS:

E quando seu bichinho de estimação causa alergia?

Conheça as doenças de pele que mais afetam os bebês

5 dicas para afastar os problemas respiratórios

 

Limpeza: na hora de limpar a casa, o objetivo principal deve ser a eliminação dos maiores focos de propagação de ácaros. Ou seja, impedir o acúmulo de seus locais favoritos de proliferação, que são resquícios de alimentos, escamas de pele e, claro, o excesso de pó.

Roupas: “Roupas de frio e edredons devem ser retirados do armário quando se faz pouco uso, e serem lavados ou ao menos levados ao sol”, aponta a personal organizer Gisele Rosa. “No inverno, antes de voltar a usar suas roupas que ficaram guardadas nas outras estações, lave-as. E, caso o mofo tenha chegado até suas peças, o ideal é levá-las a uma lavanderia”, diz.

Colchões e travesseiros: estão entre os locais em que os ácaros mais se proliferam. Por isso, devem ser periodicamente colocados no sol, e os travesseiros devem ser mudados de dois em dois anos. Lavar travesseiros não é uma atitude muito recomendada, pois a umidade pode acabar atraindo os alérgenos também – o ideal é optar por uma lavagem a seco.

 

 

Texto Victor Santos

Consultoria Gisele Rosa e Simone Serrano, personal organizer