A tapioca com chia faz diferença na alimentação de quem quer emagrecer

Listamos cinco excelentes motivos para você não deixar a tapioca com chia de fora das suas refeições diárias. Você vai perder peso de uma vez por todas!

Mesa de madeira com uma colher de madeira na diagonal superior esquerda cheia de sementes de chia e ao lado, sementes em formato de coração. A tapioca com chia ajuda a emagrecer.
Foto: Shutterstock.com

Está preparada para incluir a tapioca com chia no seu dia a dia? Essa combinação vai conquistar o seu paladar e ajudá-la contra os quilos extras. Saiba por quê!

Não incha

O glúten, presente nos pães e outros alimentos feitos com farinha de trigo, é uma proteína de difícil digestão para a maior
parte das pessoas. “Alguns autores citam que, provavelmente, todos nós podemos ter algum tipo de sensibilidade ao glúten,
em maior ou menor grau”, ressalta a nutróloga e médica ortomolecular Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro. Segundo ela, um dos sintomas de sensibilidade é o inchaço, em especial o abdominal. Portanto, o consumo da tapioca com chia ajuda a reduzir a sensação de estufamento causada por alimentos, como pães e outros à base de farinha de trigo.

É versátil

Toda preparada a partir da farinha de mandioca, a tapioca é resultado de uma massa neutra, que pode ser servida tanto com recheios doces quanto salgados. A tapioca com chia, que é acrescentada na massa durante o preparo, não altera o sabor e combina com qualquer tipo de complemento, além de acrescentar bons nutrientes e ajudar na promoção da saciedade. Sua versatilidade também se estende ao consumo, pois ela é indicada para o café da manhã e para os lanches intermediários.

100% nacional

Os famosos beijus (como também é conhecida a tapioca) são uma herança da culinária indígena e, até mesmo os portugueses, que tinham na mesa a farinha de trigo quando vieram ao Brasil, preferiam a farinha de mandioca, devido ao seu sabor incomparável. O prato é mais conhecido e consumido nas regiões Norte e Nordeste, mas está ganhando cada vez mais adeptos nos quatro cantos do país.

Prática no preparo

Simples de fazer, ela é composta por apenas dois ingredientes: goma de mandioca hidratada (ou polvilho) e chia. O segredo da tapioca fininha e crocante, perfeita para quem quer se alimentar com saúde sem extrapolar nas calorias, é a peneira. Portanto, basta peneirar uma porção de goma de tapioca hidratada em uma frigideira aquecida sem óleo e acrescentar a chia, que a mistura estará pronta em poucos minutos. Em seguida, coloque o recheio de sua preferência e se delicie!

A tapioca com chia é pouco calórica

“Considerando que não vai gordura nenhuma em seu preparo, esse é um carboidrato relativamente pouco calórico”, ressalta a nutricionista clínica e esportiva Bruna Quaglio, de São Paulo. Para quem está numa dieta de emagrecimento, a recomendação dos profissionais é não ultrapassar 2 colheres (sopa) rasas de goma da tapioca com chia hidratada por dia – que daria uma tapioca pequena – e, claro, ficar de olho no recheio. “Essas duas colheres rasas forneceriam, em média, entre 60 e 70 calorias”, afirma a nutricionista e personal diet Thais Villaça, do Rio de Janeiro.

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Bruna Quaglio, nutricionista clínica e especialista em nutrição aplicada ao exercício físico pela Universidade de São Paulo (USP), www.brunaquaglio.com; Tamara Mazara- cki, especialista em nutrologia e medicina ortomolecular, membro da ABRAN – As- sociação Brasileira de Nutrologia, www. tamaramazaracki.med.br; Thais Villaça, nutricionista clínica e personal diet do Rio de Janeiro, (21) 3326-7076

LEIA TAMBÉM