A maneira certa de congelar os alimentos

Aprenda como congelar carne, legumes e outros ingredientes saudáveis para facilitar sua vida na cozinha!

A maneira certa de congelar os alimentos
Shutterstock

Há muitos anos, o homem descobriu uma maneira eficaz de armazenar comida por bastante tempo: congelando-a. Mas será que é possível utilizar esse mesmo processo com comidas que já foram preparadas e, ainda assim, manter seus nutrientes e seu sabor? A resposta é sim e saiba que é uma ótima alternativa para manter uma alimentação saudável, mesmo com a correria do dia a dia.

A maneira certa de congelar os alimentos

Shutterstock

MELHORES PRATOS

Diversos alimentos podem ser congelados para aumentar a praticidade e garantir que suas refeições continuem com sabor e qualidade. De acordo com a nutricionista Thainá Queiroz, existem algumas opções que se adequam melhor a essa técnica.

Leguminosas: deixe-as de molho por 8 horas, despreze a água, cozinhe sem tempero e congele em pequenas porções em vasilhas de vidro, com tampa. Aposte em grão-de-bico, feijão e lentilha.

Tubérculos: a batata-doce, o cará e o inhame podem ser cozidos no vapor em fatias grossas e congelados posteriormente. Todas as noites, retire algumas fatias e transfira para a geladeira. No dia seguinte, é só aquecer ou consumir geladinho.

Proteínas: tanto a carne vermelha quanto a branca podem ser preparadas e congeladas já prontas, de preferência, em vasilhas individuais e de vidro.

Saiba mais!

Aprenda a ler o rótulo dos alimentos

Turbine sua dieta detox

Os cuidados em cada fase da mulher

 

DICAS IMPORTANTES

• O congelamento tende a acentuar o sal e o tempero dos seus pratos, portanto, o recomendado é usar menos sal e menor quantidade de condimentos;

• Para não errar a quantidade, use o sal marinho (pode ser encontrado em supermercados), que é mais suave e salga menos;

• A embalagem em que o alimento será conservado é essencial para manter a sua qualidade, pois ela impede que o ingrediente entre em contato com o ar frio e seco do congelador;

• Para os alimentos sólidos, opte pelo uso de potes plásticos com tampa, bandejas de alumínio, papel-filme, papel-alumínio (com a parte brilhante voltada para o alimento) e sacos plásticos transparentes;

• Já para os líquidos, além de potes plásticos com tampa, não se esqueça de utilizar vidros com tampa e formas de gelo, as quais são especialmente práticas, pois você pode congelar pequenas quantidades de alimentos (molho de tomate, por exemplo), depois retirar das forminhas e guardar as porções individuais em um saco plástico.

congelar alimentos

Shutterstock

ORGANIZAÇÃO EM DIA

Para evitar que o alimento estrague, é necessário etiquetar todos os potes que forem levados ao congelador. Lembre-se de anotar a data que você preparou a refeição, o tipo de alimento e a data de validade.

NA HORA DE DESCONGELAR

O mais indicado é descongelar os ingredientes o mais lentamente possível, de preferência, na parte de baixo da geladeira, sob refrigeração. Se for preciso acelerar, pode deixar o pote ou saco plástico em água fria. Vegetais branqueados podem ser colocados diretamente em água quente. Evite colocar o alimento no micro-ondas, ok?

Prazo de validade

Descubra por quanto tempo você pode deixar alguns tipos de alimentos no congelador:

Carne bovina fresca em bife, peça ou pedaço: 12 meses
Carne de porco fresca: 6 meses
Frango: 9 meses
Peixe magro: 6 meses
Peixe gordo: 3 meses
Camarão: 6 meses
Vegetais em pratos prontos: 3 meses
Vegetais branqueados: 10 meses

CONSULTORIA: Thainá Queiroz, nutricionista

Texto: Larissa Tomazini