7 mudanças simples de hábitos para emagrecer e ter mais saúde

Confira também trocas inteligentes nas refeições para perder uns quilinhos!

mudar hábitos para emagrecer
Foto: Shutterstock

Ao contrário do que muita gente pode pensar, emagrecer e conquistar mais saúde não requer mudanças drásticas. Pequenas alterações na rotina já são suficientes para você atingir essas metas. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas práticas e eficazes que favorecem a queima calórica sem prejudicar o organismo. Isso mesmo, veja como mudar hábitos para emagrecer com saúde e de forma definitiva!

Confira dicas e mudança de hábitos diários para emagrecer:

1) Refeição saudável

O café da manhã é a primeira refeição após uma noite de sono. Neste período, você gasta energia, ainda que em quantidade menor do que quando está acordado. Por isso, é importante fazer esta reposição de nutrientes ao acordar, para que seja possível desempenhar todas as atividades diárias. “Um desjejum equilibrado deve conter pelo menos uma porção de carboidratos como pães ou cereais, preferencialmente integrais; uma porção de leite ou derivados como fonte de proteína e cálcio; e uma porção de frutas ou suco, que oferece minerais, vitaminas e fibras”, afirma a nutricionista Cristina Diestel.

2) Coma antes de sair de casa!

Prepare-se com antecedência para eventos especiais e situações que podem colocar seu emagrecimento em risco. Se for a uma festa no sábado, controle-se mais no decorrer da semana ou coma algo leve antes de sair de casa – como uma salada -para não chegar ao local com muita fome. No mercado, use uma lista durante as compras e jamais vá para lá com o estômago vazio: essa atitude pode induzir a comprar alimentos desnecessários ou calóricos demais, como guloseimas.

3) Mande a preguiça embora

Se você gosta de atividades físicas ao ar livre, pode optar por caminhadas ou vôlei de areia, mas se você pertence ao grupo de pessoas que adoram academias, tem a opção de fazer musculação ou dança. Um coisa é certa: são inúmeras possibilidades de exercício, sendo que todas trazem uma série de benefícios à saúde.

4) Atenção às suas refeições

Quando estiver com muita fome, preocupe-se com a qualidade do que vai comer. Normalmente, as pessoas se esquecem dos hábitos saudáveis e se rendem ao ingredientes mais calóricos, já que a sensação de barriga vazia é incômoda e faz a consciência se perder um pouco. Para evitar que isso aconteça, procure deixar legumes e verduras já lavados e semiprontos, além de carnes leves, como o frango, descongeladas e temperadas. Assim, fica mais fácil preparar sua refeição de forma saudável e rápida.

5) Prato colorido

O pigmento dos legumes, frutas e grãos está relacionado à presença de determinadas substâncias benéficas para o organismo, as quais desempenham papeis diferentes para o corpo. Assim, só pela cor, é possível saber o que aquele alimento fornece de benefícios ou malefícios à saúde. Portanto, é importante adicionar mais cores na combinação branco (arroz) e marrom (feijão e carnes) e apostar em legumes e verduras nas refeições, a fim de evitar deficiências nutricionais e doenças.

6) Mastigue bem

Pode até não parecer, mas mastigar bem os alimentos faz toda a diferença no processo de emagrecimento. “Um dos principais pontos da reeducação alimentar está na primeira fase da digestão, ou seja, na mastigação. É também com ela que o mecanismo de saciedade é acionado, fazendo, portanto, com que a ingestão calórica seja mais equilibrada durante a alimentação. Se você se alimenta com calma, ativa o mecanismo de saciedade e se satisfaz com menos quantidade de alimento, o que contribui para o processo de perda de peso”, revela a nutricionista Paula dos Santos Ribeiro.

7) Beba água

Segundo uma pesquisa da Universidade Charité de Berlim, a ingestão de água acelera o processo de emagrecimento. Os cientistas alemães comprovaram que beber um litro do líquido a mais por dia dá a sensação de saciedade e acelera o metabolismo, queimando mais calorias.

4 trocas inteligentes para te ajudar no processo de emagrecimento:

Adoçantes artificiais por naturais 

Podem ser utilizado no lugar de açúcar refinado, por exemplo. São encontrados nas fibras de muito vegetais, possui baixo nível calórico e é melhor metabolizado pelo organismo, fazendo você emagrecer com qualidade. “O Xylitol, Stévia, Agave, Sorbitol e açúcar de coco são boas opções”, explica Ione.

Sal refinado por ervas naturais

O sal passa por um processo de purificação, no qual retiram-se partes dos nutrientes como o magnésio e os micro minerais. “Ervas naturais tem poder de dar sabor e, ao mesmo tempo muita saúde. Alho, cebola, gengibre, pimenta, limão, coentro, hortelã, manjericão, alecrim e salsinha fazem uma alquimia maravilhosa em seus pratos”, ressalta. 

Leite integral por opções vegetais 

Leites vegetais não possuem lactose, são ricos em fibras, livres de colesterol e possuem baixo índice glicêmico. “Fonte de cálcio, potássio, vitamina A, complexo B e vitamina D, é bastante nutritivo e promove maior saciedade, o que auxilia na perda de peso saudável”, reitera a profissional.

Cereais por amaranto 

Semente originária do Peru, é um alimento vegetal que possui proteínas de alto valor biológico, gorduras boas, além de ser rico em fibras, vitaminas e minerais como cálcio, magnésio e fósforo. “O amaranto pode ser encontrado em flocos, farinhas ou sementes. Rico em propriedades nutricionais, ajuda a reforçar o sistema imunológico e auxiliar nos tratamentos de alguns tipos de câncer e osteoporose, atuando também na recuperação dos músculos, além de emagrecer com qualidade”, esclarece.