Mãe de Andressa Urach diz que não sabia que a filha se prostituía

Avalie

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O livro “Morri para viver- Meu submundo de fama, drogas e prostituição”, de Andressa Urach tem gerado várias polêmicas. A mãe da apresentadora,  Marisete De Faveri, leu o livro e se disse surpresa com as revelações bombásticas de Andressa

Entre algumas das polêmicas do livro, está a que Andressa teria sido estuprada durante um ano por um homem de 58 anos, quando ela tinha apenas 7. O homem cuidava da menina se segunda à sexta, enquanto a mãe trabalhava em outra cidade. “Andressa nunca me contou sobre o assédio que sofreu, infelizmente. Se soubesse, teria feito uma loucura. Ela só me contou há um tempo atrás. Mas aí Deus foi tão maravilhoso que não deixou eu agir.”, disse Marisete em entrevista ao EGO.

Marisete tentou encontrar o pedófilo, mas ao chegar na cidade preferiu conter a raiva. Então, ela entrou em contato com a mulher do homem. “Ela me pediu desculpas, disse que sentia muito, mas pediu para a Andressa parar de falar, pois todos estavam sofrendo, que os filhos delas estavam sendo abordados na rua e sofriam com tudo isso também. Ela e os filhos são pessoas muito boas. O monstro é ele.”, contou.

Mas o que realmente surpreendeu a mãe de Urach foi o conteúdo do resto do livro. Andressa disse ter feito sexo com um cachorro, perdido a virgindade com o seu meio-irmão, se prostituído, entre outras polêmicas da vida da filha.

”Morri para viver – Meu submundo de fama, drogas e prostituição”, será lançado na segunda-feira, 24, em São Paulo.

Mais lidas