Marcello Airoldi fala da surpresa em sua carreira com o personagem Gustavo

Avalie

Marcello Airoldi fala da surpresa em sua carreira com o personagem Gustavo  

Guia da Tevê: Na trama, Gustavo é um tremendo mulherengo…

Marcello: “Ele passou a novela inteira paquerando todas as mulheres que via pela frente. Teve um romance com a prima da esposa Betina (Letícia Spiller), mas no final ele sempre acaba mesmo ao lado da mulher. Cisca em todos os cantos, mas sem grande sucesso. Ele desperta aquela polêmica da traição, infidelidade, e sempre volta para casa da amada. E isso retrata bem a realidade de muitos casais. Talvez, por isso, as pessoas se identificam tanto com ele, que tem o gingado do brasileiro. Escuto dos fãs muitas brincadeiras do tipo ‘como gostaria de ter uma empregada ou prima como aquela’. È uma abordagem saudável.”

Guia da Tevê: É muito diferente sair das coxias do teatro e cair dentro de um estúdio no Projac?

Marcello: “Completamente. No teatro você vai aprimorando através da repetição, se renovando a cada espetáculo. Novela não tem como isso acontecer e gravo o cotidiano que o autor escreve, a vida real, e a cada capítulo é uma novidade, onde nunca sei o que vai acontecer, o que é completamente diferente do teatro. Na TV tem que ser aquela coisa de como eu vou pensar e fazer aqui, naquele exato momento.”

Entrevista: Márcio Mello
Foto: João Miguel Junior/ TV Globo

Mais lidas