Giovanna Antonelli assume que lê todos os dias sobre seu signo!

Giovanna Antonelli assume que lê todos os dias sobre seu signo!
Avaliação 5 - Votos 1

Giovanna Antonelli, que está gravando a reta final de sua personagem em A Regra do Jogo, conversou com a Guia Astral e falou um pouco de tudo. Ela contou sobre planos de trabalho com Alexandre Nero, e até que lê seu horóscopo todos os dias!

giovanna antonelli unhas

Foto: Divulgação/TV Globo

A novela está em sua reta final. Qual é o balanço que você faz da Atena? Você imaginava que ela fosse fazer esse sucesso tremendo?

A gente nunca sabe o que vai acontecer quando a gente começa um trabalho, né? Obviamente, as expectativas são as melhores, as maiores sempre. Com toda certeza desde seu início, eu sabia que tinha um personagem na mão que me tirava da zona de conforto. De trazer uma coisa nova, bastante ousada, por ela ser um personagem dúbio o tempo todo. Com várias facetas, uma mulher que volta e meia se passa por outras pessoas. E agora chegou um momento da novela que ela está vivendo um período da Atena que se apresentou no inicio da trama. Vai ter a volta da Sumara (Karine Teles) agora, que vai movimentar mais a novela. Eu acho que estamos no terceiro ato da trama. Nessa fase, Atena vai ao extremo da luxúria outra vez, mas, temos uma transformação no final da história, que ninguém sabe o que vai acontecer. Não sabemos mesmo. Só o João Emanuel Carneiro sabe do fim da Atena. Para mim, foi um presente com o João Emanuel, com a Amora Mautner, que não deixa de ser um reencontro, já que ela me dirigiu em ‘Três Irmãs’, com o Alexandre Nero, e sempre é um presente trabalhar com ele. E o Tonico Pereira, que foi uma pessoa que eu conheci agora e me encantei. A gente faz uma dobradinha em cena bem bacana. Os bastidores do nosso set, são sempre assim, como vocês presenciaram, uma festa. Uma confraternização diária. Eu e a Amora Mautner temos a mesma pilha (risos). Temos a mesma rapidez, o mesmo tesão, sabe? É o mesmo astral. E isso fica nítido no vídeo e no produto final. Sempre quando tem cena de Romero e Atena, dirigido pela Amora, a gente vem cheios de ideias. É sempre essa troca bacana.

E a opinião do publico? Eles querem a redenção da Atena no final do folhetim?

É muito legal o público esquecer que a personagem tem esse lado meio sombrio, bandido. Que ao longo da trama conseguimos trazer o lado humano da Atena. Por mais defeitos que ela tenha, mesmo com toda bandidagem dela, ela é muito sincera no jeito de ser, ela é muito clara. Ela não finge ser outra pessoa. Ela é crível. Ela não tem filtro. Ela fala exatamente tudo que ela pensa. Ela em nenhum momento duvida de sua bandidagem. É muito legal ver o público torcendo pela personagem, que é bem amoral. Ela tem um lado humano que conquista muita gente. Sem falar no figurino, que acho que foi um acerto muito grande da figurinista da novela. O telespectador acredita em tudo que ela usa. E isso conta muito. Tudo combina com as atitudes dela. É um combo (risos).

giovanna antonelli unhas

Foto: Divulgação/TV Globo

No início da trama a gente perguntou para você se a Atena tinha algo da Giovanna. E você não revelou. Agora, nessa reta final, você descobriu o que as duas têm em comum?

Boa pergunta! Olha, a gente acaba emprestando coisas. Não só minhas para os personagens. Muita coisa que a gente escuta nos bastidores, coisas engraçadas. Tem muita coisa que eu roubo da Amora Mautner. Ela tem um humor, uma inteligência muito rápida. Então, eu pego umas coisas dela e falo: ‘tenho que usar isso na Atena’. O autor também já lança muitas coisas boas no texto. Ajuda muito. Tem texto tão perfeito, que eu fico louca para gravar. Amei fazer a cena que a Atena fica bêbada. Eu adorei fazer a bêbada (risos). Eu fiz três bêbadas diferentes. Adorei!

E a entrada no marido da Atena? Já tem o ator escolhido?
Ainda não tem o ator escolhido. Ainda não gravei nada dessa nova etapa na vida da Atena. Eu sei que a Sumara (Karine Teles) volta. Volta para se vingar da Atena. A gente não sabe o que vai acontecer, né?

E o triângulo: Romero, Atena e Tóia? Você acha que ela caminha para onde? Qual o final que você queria para eles?

Eu não sei gente! Eu acredito que a Atena deva terminar com o Romero. Eu acompanho sempre a repercussão pela internet. Adoroooo! O povo torce mesmo. A gente se diverte muito.

Você vê os dois juntos, mesmo com a transformação do Romero?
Eu não crio torcidas para personagens. Eu gosto das surpresas finais. Assim como o público se surpreende, a gente também se surpreende fazendo. É muito bom você trabalhar no escuro. Ainda mais uma novela que é uma obra aberta. Você não sabe o que vai acontecer. Então, cada bloco de capitulo que vem, a gente se surpreende. Lógico que a gente tem a sinopse, o João foi fiel a ela. Minha torcida é que o publico se surpreenda junto com a gente.

A Atena sempre foi muito bem aceita, mas no início muita gente comentou que estava meio exagerada. Houve uma tentativa de mudar a personagem ou não?

Não! A proposta desde o início era contar essa história que o público está vendo. Ela chegar em um ritmo bem acelerado – o ritmo desse novo bloco de capítulos que irá entrar no ar. Ela está no auge da luxúria. A gente retomou todas aquelas gargalhadas exageradas novamente. Para que ela vá de frente para o grande desfecho. Ela é um personagem que a gente pode fazer o que a gente quiser. Tudo pode ser uma mentira, ou tudo pode ser verdade. Então, entre essa dúvida a gente gosta de brincar. Tem cenas que poderiam ser mais emocionantes e a gente leva para o humor. Como tem cenas que poderia virar um tapa na cara, e se encaminhar para a emoção. Isso é muito bacana. Como a cena do dinheiro.  Tinha um esboço do que seria. Na hora, a gente criou e chegou naquilo que foi ao ar. São coisas que acontecem na hora. E a gente vai brincando.

Giovanna Antonelli

Foto: Ricardo Leal e Colaborador

Como foi a composição para criar essa bandida? Você se inspirou no Congresso Nacional?

O retrato do Brasil ajuda muito a gente criar (risos). A gente tem vários espelhos, né? Eu tenho uma preparadora que me ajuda muito a criar a Atena. É tudo muito intenso!

O segredo do seu sucesso é o público?

Sem dúvida nenhuma. A palavra mais exata é a gratidão. O publico e a imprensa que me trouxeram até aqui. São vocês e ao meu público que eu devo a minha carreira. É um agradecimento eterno. Eu faço para vocês (imprensa), que assistem também as tramas. Eu me reinvento sempre! Eu amo o meu trabalho de atriz.

O termômetro da personagem a gente vê nos comércios populares, né?

Isso para mim não tem preço. A voz do povo é a voz de Deus. Eu adoro essa repercussão. A capinha do celular dela virou uma febre. Fico muito lisonjeada com esse retorno.

E a sua química com o Nero?

Ele é um querido! Fico muito feliz. Eu brinco com ele dizendo que ele é o pai do ano. Ele está muito feliz. Está sendo um momento único na vida dele. A maternidade-paternidade é uma das maiores alegrias que a gente tem. Não tem preço. Pode ser adotado ou não. A emoção é a mesma. O amor por uma criança é algo muito especial. Foi um momento muito especial na vida desse e na carreira. A gente adora essa parceria. Meu sonho é fazer um programa de televisão junto com ele (risos). A gente sempre pensa em projeto juntos. Teatro ou cinema. Ano que vem devemos fazer um filme juntos. É isso!

A Atena é bem pé no chão, né?

Ela é bem pé no chão. Ela é bem sincera e objetiva. Não vive nesse mundo da fantasia. Como a gente mulher gosta de viver, né? Eu sou pisciana, tenho um lado sonhadoraaa! Já melhorei muito. Eu juro! Eu tenho um lado sonhadora, mulherzinha, que nunca perdi. Eu acho que a Atena é uma mulher do futuro. Quem sabe (risos)?

Você é mulher conectada. Qual é a sua relação com as redes sociais? Tem uma hora que desliga?

Claro! Tenho crianças em casa (risos). Além do marido. Chego em casa e falo: Chega! Hoje não tem mais telefone. Vamos nos curtir. A gente não pode deixar a tecnologia contra a gente, mas sima favor. Entretanto, o mais legal dessa era, é que os fãs tem rostos. A gente sabe quem são. Fico feliz com o carinho deles. Tenho vários amigos devido essas redes. É uma corrente do bem. E isso não tem preço.

A internet é uma terra de ninguém. Como você administra as criticas?

Isso é uma minoria e faz parte. Você não pode agradar a todos. Longe de mim querer agradar a todos, né? A gente corresponde quem quer ser correspondido. Não está naquele astral? É eliminado naturalmente. Eu falou que eu tenho varias formiguinhas na internet. Eles mesmo eliminam os malas.

Prestes há completar 40 anos, qual o segredo desse shape perfeito?

Gente, não é segredo para ninguém. Eu estou há dois anos crossfit. Vários amigos meus começaram comigo e pararam no meio do caminho. Eu segui em frente. Meu marido é meu parceiro da malhação.

Recentemente, você apareceu nua na capa de uma revista. Como foi estrelar aquele ensaio?

Foi bem tranquilo! Foi bem sensual. Mas não tinha nada demais. Conhecia a equipe toda. É uma segunda família. Adoro brincar. Não sou modelo, né, gente! Trazem pra gente uma brincadeira. Um exercício de você fazer uma coisa diferente. De fazer tipos que não são você.

Você acompanha o tratamento das imagens? Eles mandam para você aprovar?

Sempre quando a gente pode colocar a mão. A gente opina. Na revista que eu posei, eu espero que não tenha muitos retoques (risos). Vocês estão vendo aqui de perto. Que eu estou bem (risos). É obvio, que sempre que a gente faz uma capa, a gente pede para aprovar. Tem revistas que deixam. Outras não. A maioria hoje deixa. Quando não deixam, a gente pede para não mexer muito. O mínimo possível. Pois, acho que é ruim para eles. Não foi a gente que mexeu, né? Quanto mais natural possível você possa estar, óbvio que aparando alguma arestas, para melhorar a qualidade da fotografia. Agora hoje em dia, as pessoas fazem umas luzes tão bonitas, que não precisa de mais nada.

A sua malhação é por puro prazer?

Eu adoraria não ter que ir, né (risos)? Mas, na boca dos quarenta em março, eu aprendi a me alimentar melhor. Eu acredito que essa coisa de dieta no futuro vai acabar. E as pessoas vão se alimentar melhor mesmo. Isso não quer dizer, que eu não beba a minha cerveja, meu vinho. Estou bem radical. Estou sem comer massa. Cortei o glúten. Fiz um exame de sangue e constatei que o glúten me fazia mal. Cortei! Eu me encontrei no crossfit. Eu tenho muita energia para extravasar, né, gente? Esse esporte é um desafio diário. Nunca chega ao limite. Não quero ficar musculosa. Eu quero ficar mulherzinha, bonitinha. E focar na saúde.

giovanna antonelli

Foto: Divulgação/TV Globo

Vai fazer um festão para comemorar os quarenta anos?
Eu quero fazer um festão! Para mim, a vida é uma festa. Eu não sei. Mas queria dar uma sacudida. Vamos ver.

Com quarenta, você é a pessoa que a Giovanna de vinte, queria ser?

Eu gosto muito de mim hoje. Eu acho que eu superei as minhas expectativas. Mas, os quarentas de hoje, são os novos trinta, sabe?

Você é uma grande e empresário. Como você lida com o dinheiro?

Não! Sou muito econômica. Não sou nada consumista. Eu tenho três filhos. Três mensalidades escolares. A gente tem um padrão bem normal. Graças a Deus, a gente não precisa de muito para viver. Meu lado empreendedor é mais uma realização. E o dinheiro é uma consequência de seu trabalho.

Como você lida com a crítica?

Acho que faz parte. Até dentro da família. Eu sempre pergunto para os meus filhos se eu sei ser mãe. Se tem algo que eu possa melhorar. É um termômetro. A resposta das crianças estão maravilhosas por enquanto. ‘Você sabe ser uma boa mãe’. Me derreto. Fico bem atenta. A crítica faz a gente baixar a nossa bola. Eu sou bem pé no chão. Me esforço sempre para vencer. A vida é feita de superação.

Você comentou da Guia Astral de janeiro, em que você está na capa. Você é ligada a signo?

Eu leio sempre! A minha mãe me mandou a capa e eu amei. Eu leio todo dia o meu signo. Eu sou peixe com capricórnio e escorpião. Minha mãe mandou a capa. Nunca pensei qual seria o signo da Atena.

Você se leva a sério?

Eu sou séria nos momentos que eu preciso ser. É claro que eu não me levo a sério. Se não, não seria eu.

E esse momento sério, seria quando?

Para fechar os meus negócios. Eu sou bem.. Como eu diria docemente. Bem general, talvez. Eu dou o meu máximo. E, as pessoas eu acabo sendo exigente demais. Não só comigo. Mas, com as pessoas que estão ao meu lado. Eu tenho muita pressa. Eu  sempre quero o melhor. Para mim e para todos os envolvidos.

O que tira você do sério?

Injustiça e desperdício. Fico louca!

Até onde a Atena deve ir pelo amor do Romero?
Ela é bem louca! Ela não tem medida. Atena age muito pelo impulso.

Quais são seus projetos depois da novela?

Vou tirar férias! Tenho meus projetos também. Vou rodar uns filmes ainda esse ano. Vou desligar durante dois meses. Vou curtir a minha família. Mas, sempre atenta. Sempre online. Não consigo ficar parada (risos).

Entrevista: André Luís Romano/Colaborador

Mais lidas