“Estou gravando um filme onde vivo um gay”, revela Andre Bankoff, de Saramandaia

Avalie

Andre Bankoff, além de trabalhar como modelo e fazer alguns comerciais para a televisão, também é um grande ator. Sua estreia no mundo da dramaturgia ocorreu em 2005, com Mad Maria. Em 2006, Andre interpretou o personagem mais marcante de toda a sua carreira até agora, o protagonista Juba em Bicho do Mato. Após algum tempo longe das telinhas, Andre Bankoff retorna em Saramandaia, dando vida a Pedro que, apesar de mulherengo, namora a filha de Dona Redonda. Confira a entrevista completa com o ator!

 

Andre Bankoff

Foto: AgNews

Andre Bankoff

Foto: Munir Chatack / Divulgação Record

Andre Bankoff

Foto: Marcio Nunes / Rio News

Andre Bankoff

Foto: Francisco Cepeda / AgNews

Andre Bankoff

Foto: Rafael Franca / Divulgação TV Globo

Andre Bankoff

Foto: Renato Rocha Miranda / Divulgação TV Globo

Guia Astral – Como estão as gravações de Saramandaia?

Andre Bankoff – Entraram vários atores novos ou que trabalharam pouco na TV assim como eu, que venho de três novelas. A novela toda está impecável. Nas gravações é uma energia muito boa, a gente vive rindo. O elenco brinca um com o outro, faz piada, estamos felizes, bem entrosados e, na hora de gravar, é uma festa só.  No “ação”,  pra gente,  é  uma brincadeira.

GA – Algum outro trabalho em vista?

AB – Estou gravando um filme onde faço um gay. Acabei de gravar em SP na parada gay. Faço o Roger e ele vive angustiado porque tem esposa e filho e conhece o grande amor da vida dele. Seu conflito é largar a família pra viver essa história de amor e assumir a homossexualidade dele ou ficar, manter os paradigmas da sociedade e viver numa prisão de uma sociedade preconceituosa.

GA – E como foi estar na Parada Gay?

Nunca tinha ido, mas foi ótimo. Para o meu personagem, então, foi importante, porque fiquei em cima de um carro vendo aquela multidão e sentindo a energia boa. E dizem que o tema sobre o movimento gay já está batido, mas é muito atual, porque recentemente um gay foi morto espancado numa boate. O filme vem trazendo o tema para reforçar que o preconceito é coisa do passado e que é preciso ter uma mente mais aberta.

GA – Como você se cuida?

AB – Vou levando a vida e não me preocupo muito com vaidade, com cosméticos, essas coisas. Sou do tipo  camiseta, calça jeans e chinelo.  Para me cuidar faço atividades físicas e tento me alimentar bem. Mas fora de casa, porque sou de Americana(SP), não tenho a comidinha da mãe.

GA – Você gosta de cozinhar?

AB – Cozinho bem. Faço arroz, feijão, batata-frita, lasanha, bife, bobó de camarão.

GA – Você curte redes sociais?

AB – Tenho o Instagram (André Bankoff) e o Facebook que uso mais para trabalho.

 

Mais lidas