"Cada vez mais precisam aparecer pessoas que façam um trabalho de qualidade", diz Anitta sobre Valesca Popozuda

Avalie

Anitta descartou a rivalidade entre ela e a funkeira Valesca Popozuda, como circulou em alguns sites de fofoca, durante a gravação do Show da Virada, programa da Rede Globo que vai ao ar hoje a noite. Ela ainda disse que não está namorando e desabafou sobre o assunto: “Estou com 21 anos tenho uma vida normal como qualquer garota da minha idade”. Confira a entrevista:

 

Foto: João Miguel Junior/Globo

Foto: João Miguel Junior/Globo

 

Papo Feminino: Qual fato profissional ou pessoal te marcou em 2014?
Anitta: “A gravação do meu primeiro DVD foi o momento mais marcante do ano. “

Papo Feminino: Como foi a sensação de participar do Grammy Latino?
Anitta: “Amei a oportunidade. Fiquei chocada com tanta gente me ligando para elogiar. “

Papo Feminino: Acostumada com o sucesso?
Anitta: “Ano passado era tudo novo: mídia, show… Me perguntava se no ano seguinte faria o mesmo sucesso. Fiquei muito feliz pela indicação com uma música que eu escrevi. “

Papo Feminino: Por que vira e mexe sai na imprensa que você e Valesca Popozuda são rivais?
Anitta: “Não tem nada disso. Dia desses tiramos uma foto juntas no aeroporto. Cada vez mais precisam aparecer pessoas que façam um trabalho de qualidade. Um ajuda o outro. “

Papo Feminino: Você está namorando?
Anitta: “No dia que eu arrumar um namorado eu te conto. O problema se vou lá e ‘fico’ com alguém, fica parecendo que troco de namorado como quem troca de roupa… E não é assim! Estou com 21 anos tenho uma vida normal como qualquer garota da minha idade. Eu tô ótima! Se aparecer um boy maravilhoso ta tudo certo (risos).”

Papo Feminino: Já sabe como será seu natal? Tem alguma superstição na virada do ano?
Anitta: “Gosto de usar a cor amarela pra chamar trabalho, fora isso… O natal ficarei com minha família. Passei a madrugada com minha mãe montando a árvore de natal. “

Papo Feminino: Já tem programação para o carnaval?
Anitta: “Sim, já está fechado. Vou abrir o carnaval de Salvador com o bloco “Eu Vou”. Já peguei umas dicas com Claudinha Leitte, que me sugeriu uma fonoaudióloga, mas já havia me antecipado. São horas e horas de circuito. Estarei passeando nos camarotes do Rio de Janeiro também.”

Mais lidas