Ashton Kutcher: conheça a vida e a carreira do ator

Avalie

Ashton Kutcher é o cara. Lindo, milionário, ator premiado, gênio das redes sociais e homem de negócios bem-sucedido, ele ainda tem tempo de reviver a época de modelo como garotopropaganda da marca brasileira Colcci, para a qual veio desfilar nas duas edições do Fashion Rio em 2011 e na primeira edição do São Paulo Fashion Week (SPFW) de 2012.

Nos últimos meses, nenhuma outra celebridade tem sido tão comentada na Internet, primeiro por causa da sua estreia no seriado Two and a Half Man – substituindo o irascível Charlie Sheen. E também por conta da suposta traição à sua esposa, a atriz Demi Moore, que teria ficado anoréxica e voltado a beber diante da iminência da divisão dos US$ 290 milhões do casal.

homem de chapeu na praia de ipanema - Ashton Kutcher

Da vida difícil em Iowa à Hollywood

Síndrome de Peter Pan à parte, só depois do sucesso na carreira, ele pôde se dar ao luxo de agir como criança. Nascido na cidade de Cedar Rapids, em Iowa, Christopher Ashton Kutcher cresceu em um ambiente cercado por dificuldades e estresse.

Seus pais trabalhavam em fábricas e ganhavam pouco para sustentar os três filhos. A situação ficou ainda mais tensa quando o irmão gêmeo de Ashton, Michael, que nasceu com paralisia cerebral, teve de fazer um transplante de coração aos 13 anos, em meio ao divórcio dos pais. “Não queria voltar para casa e ficar sabendo de mais notícias ruins sobre o meu irmão”, declarou o ator certa vez à revista USA Weekend, lembrando quanto se esforçava para fugir da realidade. “Procurava me manter superocupado e não me permitia sentir”, disse, confessando que nesta época chegou a pensar em suicídio. Mesmo assim, nunca deixou de apoiar o irmão. “Ashton sempre esteve ao meu lado e me mostrou o que é o amor de um irmão”, lembrou Michael à revista People.

Um conto de fadas moderno

Anos mais tarde, quando cursava Engenharia Bioquímica na Universidade de Iowa, Ashton foi abordado por um olheiro em um bar, que o convidou para participar do concurso de modelo Fresh Faces of Iowa (Novos rostos de Iowa). Venceu em primeiro lugar, ganhou uma viagem para Nova Iorque, abandonou os estudos e assinou com a agência Next, fazendo campanhas para grandes marcas, Calvin Klein entre elas, e modelando em Paris e Milão.

Não demorou muito e decidiu mudar-se para Los Angeles e tentar a carreira de ator. Logo no primeiro teste, ganhou o papel de Michael Kelso, do seriado That 70’s Show, que interpretou de 1998 a 2006, conciliando com seus primeiros papéis no cinema.

Em 2003, o ator surpreendeu o público quando trocou sua então namorada, a queridinha Brittany Murphy, pela musa Demi Moore, 15 anos mais velha do que ele. Dois anos depois, Ashton e Demi se casaram e, desde então, não cansavam de fazer declarações públicas de amor, sempre ao lado do ex-marido da atriz, o ator Bruce Willis, e das três filhas deles – Rumer, Scout e Tallulah.

Um conto de fadas da família moderna que sofreu um grande abalo no meio do ano passado, quando Ashton começou a gravar a nova temporada do seriado Two and a Half Man, em Los Angeles, e Demi ficou em Nova Iorque por conta de compromissos profissionais, o que deu início à uma série de boatos e resultou na separação do casal.

Entenda os boatos que separaram Ashton de Demi Moore

Ashton-Kutcher-Colcci-Fall-2011

Afinal, o que ele tem?

• Dois dedos do pé direito grudados. A marca de nascença é até engraçadinha e ele já a exibiu na MTV britânica, em 2005.

• Ficha policial. No último ano da escola, Ashton invadiu o colégio para roubar dinheiro e foi preso ao fugir do local.

• Acabou sendo condenado por arrombamento e sentenciado a três anos de condicional e 180 horas de serviços comunitários.

• Determinação. Era tão pobre na época da universidade que muitas vezes teve de doar sangue por dinheiro.

• Fortuna. Hoje a história é bem diferente e ele já acumulou quase U$ 100 milhões na sua carreira, além de ganhar US$ 700 mil por cada episódio de Two and a Half Man.

• Tino comercial. É um dos sócios dos restaurantes Geisha House e Dolce Enoteca e Ristorante, em Los Angeles, e Ketchup, em Washington DC.

• Cara de pau. Durante anos, fez pegadinhas com jovens estrelas da música, do cinema e da TV no programa Punk’d (MTV), em que era apresentador e produtor.

• Seguidores. Em 16 de abril de 2009, tornou-se o primeiro usuário do Twitter a ter 1 milhão de seguidores.

• Criatividade. Já foi diretor criativo da Ooma, empresa de tecnologia; fundou o Katalyst, estúdio de mídias sociais; é um dos investidores de uma nova plataforma on-line para locação mensal de quartos em 18 mil cidades do mundo; e lançou o seu próprio aplicativo para o Twitter, o A.plus.

• Engajamento. Demi e ele criaram, em 2010, a Demi and Ashton Foundation (DNA), que combate a exploração sexual infantil e o tráfico humano mundo afora.

• . Casou-se com Demi Moore em uma cerimônia conduzida por um rabino do Centro de Kabbalah de Los Angeles, onde, aliás, o casal tentou se reconciliar no auge da crise.

 

Texto:  Janaina Medeiros Fotos: Divulgação/Colcci

Mais lidas