“Ainda estou me adaptando”, diz Patrícia Abravanel sobre ficar distante do filho

Avalie

Patrícia Abravanel está com a bola cheia! No último domingo, ela mostrou Pedro, seu filho com o deputado Fabio Faria, pela primeira vez na televisão durante uma entrevista para o programa Eliana. Depois, substituiu o pai no programa Roda a Roda e entregou mais R$1 milhão para quem acertasse uma palavra misteriosa. Não faltou carisma!

Foto: Lourival Ribeiro/SBT

Foto: Lourival Ribeiro/SBT

Na segunda-feira ela estreou o programa Máquina da Fama. Segundo o site Notícias da TV, ela marcou 7.5 pontos de audiência e venceu a Rede Record, ficando na vice-liderança.

___________________________________________________

Leia Mais:

Sabrina Sato conta quando pretende ter filhos

Antes da fama: você sabe como eram Luan Santana e Ivete Sangalo quando eram anônimos?
___________________________________________________

Comunicativa e gentil como uma boa libriana, Patrícia conversou com a Guia Astral sobre maternidade e carreira, confira:

Guia Astral: Como está sendo sua volta? Já se adaptou a ficar longe do Pedro?
Patrícia Abravanel: Adaptar é difícil. Ainda estou me adaptando. É tudo novo. Hoje acordei cedo, fiquei com ele um pouquinho, e aí vim trabalhar. Com uma babá boa não é difícil. Então, com ajuda, e graças a Deus eu posso ter ajuda, não é difícil. Mas eu imagino para quem não tem ajuda como deve ser. Eu não sei como as mães conseguem deixar os filhos em casa e ir trabalhar sem ter alguém que elas confiem. Graças a Deus, tenho uma ajuda ótima, tenho câmera no quarto, que posso ver quando estou com saudade. Então, é isso, dá para trabalhar, sabendo que ele está bem em casa. Aí fico tranquila.

Foto: Leonardo Nones/SBT

Foto: Leonardo Nones/SBT

Como é ocupar as segundas-feiras do SBT, que um horário histórico da Hebe Camargo?
Nossa, eu nunca fiz essa ligação. A Hebe Camargo é incomparável, ela é única, é Hebe Camargo. Igual Silvio Santos. Não tem substituto para eles. Então, estar na segunda-feira é ótimo. Mas se estivesse na terça, na quarta, também estaria feliz. Adoro fazer esse programa, estou amando, amando esse contato com o público. É um dos meus prazeres. Adoro trabalhar com o povo. E um dos prazeres é trazer pessoas anônimas, para poder dar seu show. Mas, já que você fez a pergunta, sim, eu me sinto muito honrada.

Saíram algumas notícias que o Thiago Abravanel viria ser apresentador do SBT. Você gostaria de ter seu sobrinho trabalhando com você? É verdade essa história?
Se eu gostaria? Eu adoraria! Eu acho que o Thiago aqui só tem a acrescentar. Ele é um sucesso e vai fazer muito mais sucesso ainda. Mas isso não é verdade. Hoje não é. Ele acabou de renovar com a Globo. E por enquanto, ele está indo tão bem na Globo. Ele tem uma visibilidade maior por lá. Globo é Globo. Ele está tendo uma oportunidade incrível na vida dele. E na hora certa, a casa está aberta para Thiago. E vai ser um prazer ter ele aqui. Vai enriquecer o SBT. Não sei como seria o programa dele, ele tem uma veia humorística muito forte, então, um programa de humor talvez. Um dia vocês irão ver.

Como vão funcionar as apresentações? Elas vão continuar?
Eu adoro fazer essas apresentações. Às vezes, pago o maior mico, mas eu amo. Eu queria ter a experiência da pessoa que vem participar, o que ela passa, como são os ensaios. Então, vou fazer sim.

Você acha que o programa caiu no gosto das pessoas?
É um programa leve, gostoso, bonito de se ver, enche os olhos, enche os ouvidos. Caiu no meu gosto e no gosto do público, graças a Deus. Fico lisonjeada com a vice-liderança e espero que a gente mantenha. Nós somos uma opção leve, gosto. E aí no palco vocês veem shows que não tem em outro lugar na TV. Aqui tem Fred Mercury, tem Beyoncé. No Faustão não tem.

Vocês tem a preocupação de colocar a cultura brasileira no programa?
Sim, muito. Tonico e Tinoco, por exemplo, é sempre pico de audiência.

Foto: Arthur Igrecias/SBT

Foto: Arthur Igrecias/SBT

Você recuperou a forma rapidamente, você fez dieta?
Eu não voltei no meu peso. Eu estava de férias, então, não fiz o que eu deveria fazer. Fui viajar, controlei, mas não fiz dieta rígida.

E você pretende mostrar o Pedro no programa, trazer nas gravações?
Quero exibir o Pedro toda hora. Mas acho que vou trazer ele aqui, sim.

Depois que você teve filho, na hora de apresentar, você fica mais solta, mais brincalhona, ou mais recatada, já que pode ter uma consequência pra ele na escola?
Meu crescimento como apresentadora tem que ser no dia a dia. Não acho que porque virei mãe, fiquei mais solta. Lógico, que depois que você vira mãe, você fica mais confiante, dá valor para o que realmente tem valor. Então, meu trabalho tem muito valor, tem, mas o Pedro tem mais. O foco muda e, por isso, a gente fica mais solta.

Esse projeto pode se estender ao público adolescente?
Aqui vem criança, adolescente, qualquer idade.

Entrevista: Daniela Andrioli/Colaboradora

Mais lidas