“A vilã tem uma pimenta a mais”, conta Lívia Andrade sobre Carrossel

Avalie

Ela não aparece mais na tevê apenas aos domingos em brincadeiras com Silvio Santos. Lívia Andrade apostou em sua carreira de atriz e tem agradado ao público que acompanha a novela “Carrossel”, pelo SBT.

Sempre bem-humorada, Lívia falou com a Guia Astral sobre seus planos para quando “Carrossel” terminar e sua experiência em trabalhar com crianças. Confira!

Lívia Andrade

Foto: Celso Akin/ AgNews

 

Guia Astral: Carrossel está com ótima repercussão, inclusive, até superou o reality show “A Fazenda” há alguns dias. O que você acha de tudo isso?
Lívia: “Carrossel já tem um público fiel, que é fiel ao SBT. Graças a Deus a gente conseguiu cativar esse público e agora é difícil perdê-lo. É legal que vai ter a sequência para não deixar a criançada na mão. Vai vir Chiquititas e depois não para mais.”


Guia Astral: Você vai estar em Chiquititas?
Lívia:
“Então, eu estou com outros projetos. Vou ter que escolher, né?! Vou ter que fazer uma escolha muito importante, mas não posso dizer ainda.”

Guia Astral: Como é seu relacionamento com as crianças?
Lívia:
“É sensacional! Apesar de ser a vilã, a criançada curte.”

Guia Astral: Até quando a professora Suzana vai ficar no terceiro ano?
Lívia:
“A professora Helena vai voltar já, já. Eu só roubo um pouquinho o lugar dela. Daqui a pouco a Helena volta e pega a sala de novo. É só pra dar uma maldade na novela.”

Guia Astral: Você gosta de fazer uma vilã?
Lívia:
“Ah, eu gosto! Foi uma surpresa. Fiquei preocupada no começo, achei que a molecada ia mostrar a língua, tacar pedra, chutar a canela. Mas nada disso aconteceu. É impressionante como eles conseguem separar as coisas. Que diga a Adriana Esteve, que interpretou a Carminha em ‘Avenida Brasil’, deu um show e ficou todo mundo babando pela vilã. Hoje em dia, a vilã tem uma pimenta a mais. E acabam fazendo esse sucesso todo. Estou recebendo muito carinho.”

Entrevista: Daniela Andrioli

Texto: Soraia Alves

Mais lidas