Rola combinação entre os signos de Angelina Jolie e Brad Pitt? Vem saber!

FOTO: Divulgação

FOTO: Divulgação

O fim do casamento de Angelina Jolie e Brad Pitt – juntos há 10 anos e oficialmente casados há dois – levanta uma questão astrológica importante: pode ter havido incompatibilidade entre os signos dos dois atores? Será que rola combinação entre os elementos que regem os signos do casal mais famoso do mundo? Brad Pitt é sagitariano de 18 de dezembro de 1963. Pertence, portanto, ao elemento Fogo. Angelina Jolie é geminiana de 4 de junho de 1975. Seu signo faz parte do elemento Ar.

No amor, os signos de Fogo (Áries, Leão e Sagitário) se dão bem com Ar (Gêmeos, Libra e Aquário), especialmente se a relação tiver sido construída sobre as bases da amizade. Claro que os contratempos existem, mas esses signos conseguem preservar a harmonia na maior parte dos casos. Um relacionamento entre Fogo e Ar é pautado pela energia e pela criatividade. Brad é mais impulsivo do que Angelina, que age mais pela razão. Não por acaso, a decisão do divórcio partiu dela.

Os elementos de cada signo

Fogo – Áries, Leão e Sagitário

Terra – Touro, Virgem, Capricórnio

Ar – Gêmeos, Libra, Aquário

Água – Câncer, Escorpião, Peixes

Veja como os outros elementos se comportam numa relação afetiva:

Fogo + Fogo: é uma união muita animada, intensa e sexualmente explosiva. Os dois tendem a se apaixonar rapidamente. O problema é que as brigas são inflamadas e, dependendo do caso, podem machucar. O conselho é controlar a agressividade, assim como a mania de falar sem pensar.

Fogo + Terra: esse relacionamento tem altos e baixos. O entusiasmo excessivo de Fogo assusta um pouco os signos governados pela Terra, que são mais pés no chão. Para dar certo, os dois lados têm que exercitar a compreensão e aprender a ceder.

Fogo + Água: os signos de Fogo são aventureiros e muito impulsivos. Já os signos de Água são sensíveis, românticos e se magoam facilmente. Os choques são inevitáveis, mas o romance pode vingar com bastante paciência, autocontrole e carinho.

Terra + Terra: esses signos formam uma parceria feliz no amor. Ambos são responsáveis, sensatos e realistas. Querem construir uma história e se empenham para não errar. Só apostam no relacionamento se tiverem certeza dos próprios sentimentos e fé no futuro da união.

Terra + Ar: esse romance enfrenta algumas instabilidades. O casal precisa administrar bem as diferenças, já que Terra tem espírito prático e Ar gosta de idealizar as situações. Na intimidade, rola química, já que ambos são envolventes (Ar) e supersensuais (Terra).

Terra + Água: os signos de Terra oferecem a segurança emocional que os signos de Água tanto necessitam. Por isso, essa relação funciona muito bem, obrigado! Água é sensível e devotado ao amor e essa dedicação gigante conquista Terra instantaneamente!

Ar + Ar: essa união inclui na receita muita sintonia e troca animada de ideias. Gêmeos, Libra e Aquário são signos cerebrais, ou seja, valorizam o equilíbrio na convivência e gostam de acertar as arestas com um bom bate-papo, regado a paixão e bom humor.

Ar + Água: o que mais pega nesse romance é o jeito de amar de cada um. Os signos de Ar são mais livres, menos sentimentais. Os signos de Água, ao contrário, são regidos pelas emoções e precisam se sentir confiantes na relação. Com bastante boa vontade dos dois lados, pode dar jogo.

Água + Água: ambos são devotados ao romance e a conexão é quase imediata. Os signos de Água se entregam totalmente quando se apaixonam, por isso, o convívio é quase sempre muito iluminado e feliz. Mas atenção: o ciúme pode ser um fantasma nessa união!

Texto: Fernanda Villas Bôas/João Bidu Design: Daniela Fernandez

LEIA TAMBÉM

Mais lidas