Pornô para mulheres: onde encontrar

Avalie
Foto: Reprodução/Facebook

Jaque Barbosa e Eme Viegas (Foto: Reprodução/Facebook)

Mulheres assistem pornografia? Existem produtos, como filmes eróticos, voltados ao interesse do público feminino? Considerado um tema tabu e envolto de preconceitos e machismo, o acesso ao prazer feminino aos poucos se liberta destas amarras e começa a ficar ao alcance das mulheres.  Com novas consumidoras deste mercado em expansão, a área se desenvolve e prepara mais materiais exclusivos.

Leia Mais:

+ Masturbação feminina: você pode!

+ O sexo esfriou após a chegada dos filhos? Veja como reacender a chama do casal

Jaque Barbosa e seu marido Eme Viegas, criadores do blog Casal Sem Vergonha, perceberam a lacuna no assunto e escreveram o livro Mulheres Boas de Cama, um guia prático para revolucionar a vida sexual do casal e ajudar as mulheres a chegarem mais facilmente ao orgasmo, ou ainda, aos orgasmos!

A Guia Astral conversou com Jaque Barbosa sobre o assunto da pornografia para mulheres e pediu para ela passar algumas dicas para você que quer começar a procurar material para ver e se entreter. Confira a entrevista:

Guia Astral: Por que é importante uma material específico para mulheres?

Jaque Barbosa: “Porque as mulheres se inspiram de uma forma diferente dos homens. Atualmente, algumas produtoras têm feito filmes pornôs especialmente pensando nas mulheres. Elas perceberam que o público feminino gosta sim de se excitar com esse tipo de conteúdo e passaram a criar filmes que mostram a sexualidade da mulher de uma forma mais atraente para as moças. São produções mais próximas da vida real – nada daquela coisa: chega o eletricista para consertar alguma coisa e em dez segundos está transando com a dona da casa. No lugar das penetrações infinitas, entram roteiros que incluem sedução, preliminares e uma dose de romance. Os enredos têm tramas mais complexas (algumas até com pretensões experimentais) em que os sentimentos das mulheres são levados em conta.”

GA: Mulheres realmente assistem pornô?

“Uma pesquisa feita em 2012 pelo instituto Nielsen/Net Ratings aponta que um terço dos visitantes de sites pornôs são mulheres. Outra, feita pelo tablóide The Sun, diz que 66% das mulheres consomem pornografia. Tem também uma outra pesquisa conduzida na Universidade de Amsterdã que apontou que mulheres são estimuladas fisicamente por filmes pornôs tanto quanto os homens – o estímulo é percebido pelo cérebro e envia sangue para as paredes vaginais antes que a participante do estudo sequer relatasse uma autopercepção de excitação sexual.

Os números são animadores, mas é fato que se inspirar sexualmente ainda é uma realidade nova na vida das mulheres. Viemos de uma cultura muito marcada pelo machismo, o que fez com que as mulheres tivessem que reprimir muito seus desejos. As coisas estão mudando aos poucos, mas sabemos que as mulheres ainda pensam muito menos em sexo do que os homens.”

Foto: Shutterstock Images

Foto: Shutterstock Images

GA: Como uma mulher pode encontrar o que gosta? Quais são as principais “categorias” existentes?

“Na internet há uma grande variedade de sites pornô, para todos os gostos. As categorias geralmente se referem às fantasias mais frequentes das pessoas: dominação, submissão, voyeurismo, e também as modalidades sexuais mais desejadas, como sexo oral, sexo anal, entre outros.”

GA: Você pode passar algumas sugestões de sites e filmes eróticos especialmente femininos?

“Algumas diretoras como Erika Lust, Tristan Taormino, Petra Joy, Candida Royalle e Anna Span já viraram celebridades por seus filmes. No Brasil, Monica Mattos, da produtora Sexxxy World, se destaca. Para ajudar, trouxemos algumas dicas de filmes que as mulheres costumam gostar bastante:

– O prazer é todo meu, dirigido por Louise Lush;

Five hot stories for her, dirigido por Erika Lust; (clique para ver ver o trailer deste e outros filmes)

– O pecado mora ao lado (Feeling it! Not faking it…), dirigido por Petra Joy;

– Des Jours Plus Belles Que La Nuit (Os dias mais belos do que a noite), dirigido por Jennifer Lyon Bell e Murielle Scherre;

– Life, love, lust, dirigido por Erika Lust;

Foto: Vinicius Tupinambá/Shutterstock

Foto: Vinicius Tupinambá/Shutterstock

Alguns sites pornôs, já sacando a crescente procura feminina por conteúdos excitantes, já se dedicam a publicar vídeos focados no prazer das mulheres (finalmente!). Alguns deles são:

[AVISO: Os links abaixo são para maiores de 18 anos e é melhor não acessá-los em lugares públicos]

– James Deen: http://www.jamesdeen.com -Site oficial do ator pornô preferido das mulheres. Os vídeos não são grátis, mas ele tem umas versões de preview nas quais é possível assistir a trechos. Destaque para os vídeos amadores, em que ele faz cenas com fãs que se candidatam pelo site.

– SSSH: http://sssh.com/ – Produtora dedicada à arte de criar vídeos inspiradores para mulheres. Os vídeos também são pagos, mas quem assina garante que vale a pena.

– GoodVibration: http://www.goodvibrationsvod.com/main.jhtml -Site dedicado a conteúdo para as mulheres (alguns gratuitos). Eles têm categorias como documentários, pornôs feminista, LGBT, entre outros.”

5) Se alguém disser “Não curti os filmes eróticos” após ver as opções acima, quais são outras opções para descobrir coisas diferentes?

“Ler livros que tenham conteúdo excitante (muitas mulheres ficaram super inspiradas depois de ler a trilogia do Cinquenta Tons de Cinza, por exemplo), ou mesmo se inspirar em filmes que não necessariamente sejam eróticos, mas que contenham cenas que mexem com o imaginário feminino. Um dos exemplos que mais gostamos é o clássico 9 1/2 Semanas de Amor.”

capa-mulheres-boa-de-camaServiço

Título: Mulheres Boas de Cama – Guia Prático para Revolucionar Sua Vida Sexual
Autores:
Eme Viegas e Jaque Barbosa
Ano:
2015
Editora:
Novas Páginas
Páginas:
160
Preço:
R$ 29,90
Onde comprar:
Clique aqui para adquirir a versão impressa em pré-venda, e neste link para a versão digital

Mais lidas