Alimentação para se manter linda aos 40 anos

Avalie

Alimentação para se manter linda aos 40 anos

 

Para manter a saúde e a beleza aos 40 anos é necessário alguns cuidados. A nutricionista Gabriela Pimentel dá dicas de alimentação para você não se descuidar nesta fase da vida.

 

Alimentação ideal

Água é essencial, pois ela é indispensável para o funcionamento do organismo. Além disso, a alimentação deve ser equilibrada com fibras, antioxidantes e antiinflamatórios. Confira alguns exemplos abaixo:

Alimentos com fibras: frutas, verduras, legumes, leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico, ervilha), grãos e cereais integrais, farelo de aveia, farelo de trigo, gérmen de trigo, linhaça, psyllium, fibra do maracujá.

Alimentos antioxidantes e antiinflamatórios: frutas, verduras, legumes, leguminosas, oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes), sementes (girassol, gergelim), azeite de oliva, ervas naturais, especiarias (canela, açafrão/cúrcuma, gengibre, pimenta vermelha), chá verde, cogumelos, peixes de água fria (sardinha, salmão, atum, bacalhau, truta, linguado), linhaça.

 

Para driblar rugas e menopausa

A partir dos 30 anos a mulher sofre uma queda na produção do colágeno. Para driblar a sua falta pode-se incluir no cardápio fontes de proteínas, que auxiliam na firmeza da pele, ideal contra as rugas e problemas nas articulações. Aposte em alimentos como frango, ovo, peixe, leguminosas, quinua e preferira sempre cortes magros e carnes brancas.

Para amenizar os sintomas da menopausa, consuma alimentos que contenham fitoestrógenos. Linhaça, inhame e soja podem aliviar as terríveis ondas de calor e outros problemas relacionados.

 

Cuide da saúde emocional

Tensões emocionais, como tristeza e ansiedade, existem em todas as fases da vida. A dica da nutricionista Gabriela é consumir alimentos que possuam nutrientes importantes na produção de serotonina, que é um neurotransmissor responsável pelo bem estar e bom humor. Confira alguns exemplos:

• Alimentos que contenham triptofano, como alimentos integrais, banana, abacate, abóbora, chocolate amargo;
Vitaminas do complexo B, como leguminosas, folhosos verde-escuros, peixes, ovos, cereais integrais, sementes, banana, laranja;
Magnésio, como peixes, frutos do mar, oleaginosas, leguminosas, cereais integrais, folhosos verde escuros, frutas, sementes, tofu;
Selênio está presente nas oleaginosas, frutos do mar, atum, germe de trigo, grãos integrais;
Zinco, encontrado em frutos do mar, peixes, carnes, aves, cereais integrais, oleaginosas;
Ômega 3, existente em peixes de água fria, como sardinha, salmão, atum, bacalhau, truta, linguado, linhaça.

  

Dicas importantes

– Alimente-se de 3 em 3 horas, realizando um total de 5 a 6 refeições por dia. Isso mantém o metabolismo ativo, evita beliscos e que se chegue com muita fome à próxima refeição.

– Sempre tome o café da manhã, pois favorece o aumento do metabolismo e ainda há o dia inteiro para gastar a energia dessa refeição.

– Beba pelo menos dois litros de água por dia, referente a oito copos. Porém evite tomar líquidos junto às principais refeições, pois pode atrapalhar o processo digestivo.

– Realize as refeições em locais calmos e adequadamente (sentado e sem se distrair com tevê e etc.). Não se alimente em situações de estresse e nervosismo.

– Inicie as principais refeições pelo prato de salada, pois ajuda na saciedade.

– Mastigue os alimentos bem e devagar, até que estejam bem triturados. O ideal é descansar os talheres entre as garfadas.

– Sempre evitar alimentos gordurosos e calóricos, como carnes gordurosas, queijos amarelos, chocolates (branco, ao leite), doces, sorvetes, bolos recheados, balas, embutidos, frios, frituras, salgadinhos, comidas de fast food e snacks industrializados.

– Evitar excesso de sal, temperos prontos, conservas e enlatados.

– Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas, refrigerantes e sucos artificiais.

– Pratique exercícios físicos. Além de aumentar o gasto energético e auxiliar na perda de peso, é essencial para manter a saúde.

 

Texto: Larissa Faria
Entrevista: Aline Mendes
Consultoria: nutricionista Gabriela Pimentel, do BSpace Health Center. Site:
www.bspace.net.br

Foto: ThinkStock/GettyImages

Mais lidas