Visita ao primo

Visita ao primo
Avaliação 1 - Votos 1

Tudo aconteceu quando fui visitar um primo distante, que estava com dengue.
Minha esposa, uma mulher muito vistosa já na melhor idade e ainda com muito tesão, me acompanhou. Assim que chegamos quem nos atendeu foi a empregada, que nos disse para ficar a vontade com meu primo, pois ela teria que ir embora.

Aproveitou a nossa chegada para sair, dizendo que a patroa chegaria rápido. A casa tem um quintal enorme que é cuidado por um jardineiro na faixa etária de 45 a 50 anos, minha esposa disse que iria dar uma volta pela propriedade para ver o jardim.

Fiquei conversando com meu primo por muito tempo, quando chegou a esposa do mesmo, me perguntou por minha esposa e eu estranhando a sua demora disse que iria chamá-la.

Enquanto a esposa do meu primo se refrescava, eu fui pelo jardim a procura da minha esposa. Foi aí que descobri que eu já era corno, pois me deparei com minha esposa e o jardineiro deitados atrás das roseiras, ele fazendo papai e mamãe com ela e a putinha pedindo mais.

Não deixei que me vissem, fiquei maravilhado com a cena do gozo do jardineiro e minha putinha rebolando, recebendo todo esperma. O jardineiro deitou na grama como se estivesse cansado e minha amada esposa limpou todo aquele cacete com sua boca sensual. Então sai um pouco para trás e a chamei como se estivesse chegando naquele momento, assim que ela chegou perto eu a agarrei e nos beijamos muito. Ainda senti ela muito ofegante e com cheiro de porra.

Adorei aquele dia. Chegamos em casa e contei para ela que eu tinha visto e que gostei, passamos o restante do dia na cama transando.

Mais lidas