Sozinho em casa

Sozinho em casa
Avaliação 2 - Votos 12

Esse conto que agora relato foi real, apesar de parecer uma fantasia. Sou casado e moro num sobrado pequeno, quase todo domingo minha esposa vai para o sítio da mãe dela e por muitas vezes prefiro ficar em casa, porém certo domingo eu estava conversando pelo whatsapp com a Tatiane, uma amiga da época de escola que também é casada, sempre nos falamos, e no decorrer da conversa surgiu a ideia de conversarmos pessoalmente e a convidei para vir na minha casa.

Como o marido dela estava viajando e ela estava sozinha em casa aceitou o convite. Como moramos em cidade pequena do interior, pouco depois de 30 minutos ela chegou em casa, tocou o interfone e depois de identificar-se abri o portão e ela subiu as escadas.

Ela tem um corpo escultural, muito linda, estava vestida com um top e uma saia justa ao corpo acima do joelho um pouco, convidei a sentar e o papo rolava solto, começamos a tomar um vinho e entre nossas conversas lembrei da época que ficamos, há mais de 10 anos atrás, uma amizade colorida digamos assim.
Ela ficou constrangida no primeiro momento, mas consegui contornar a situação e fizemos até piada da situação, naquela época apenas nos beijamos e trocamos carícias, nada mais que isso, e como falei anteriormente ela é uma delícia de mulher e acabei dando um passo ousado, falei que infelizmente não tivemos a oportunidade de ter algo a mais no primeiro encontro e completei dizendo que nunca é tarde para a primeira vez.

Ela se assustou com o que eu disse, mas por impulso segurei sua mão e fiz um carinho, ela tentou disfarçar mas eu insistir, e sem pestanejar beijei-a. Agora já era, não conseguimos mais parar e nos controlar, tenho certeza que era o desejo de nós dois aquilo, minhas mãos não param de percorrer aquele belo corpo, tirei minha blusa e logo depois a deitei no sofá e comecei a chupá-la, ela se contorcia de tesão, tirei seu top e sutiã e mamei aqueles lindos seios de tamanho mediano, ela estava louca de tesão.

Pegou minha bermuda e tirou juntamente com a cueca e enfiou a boca no meu cacete, ela chupa gostoso demais. Depois foi minha vez, tirei sua saia e comecei a chupar sua buceta que estava molhadinha e depois de alguns minutos eu a penetrei, ah que delícia, um sonho realizado depois de mais de 10 anos.
Depois que terminamos voltamos a conversar um pouco mais e ela resolveu ir embora, dizendo que na próxima vez o convite seria pra casa dela.

Mais lidas