Madrugada de sexo

Avalie

Me chamo Giovanna e tenho 20 anos. Na época tinha 17 e era filha única.
Num sábado, sai escondida com minhas amigas. Fomos num bar. Já era meia noite.
Encontrei um colega da escola, que sempre dava em cima de mim. Ele começou a conversar comigo. Minhas amigas estavam conversando.
De repente, ele me pegou pela cintura e eu, que já estava cheia de tesão, me deixei levar. Nos beijamos e eu fui informar minhas amigas que voltaria para casa.
Nós fomos para minha casa e entramos em silêncio, pois todos já estavam dormindo.
Ele tirou meu short, depois a calcinha e começou a me lamber, me deixando cheia de prazer e eu gemia. Então ele abaixou as calças e colocou para fora aquele pênis enorme de uns 24 centímetros. Eu chupei e ele gozou na minha boca. Depois nós transamos muito e gozamos umas três vezes.
Ele foi embora eram umas seis horas da manhã. Até hoje nos encontramos e fazemos um sexo incrivelmente bom.

Mais lidas