Garçon deus grego

Avalie

Eu fazia cursinho a noite no centro, lá tinha uma lanchonete onde toda galera se reunia e para o delírio de todas as meninas quem atendia era um deus grego de 30 anos, marombado alto e de olhos claros… Só de olhar para ele eu tremia toda… Às vezes quando saía muito tarde do curso, eu dormia na casa de uma amiga que morava perto da casa dele. Quando íamos caminhando, ele passava de carro devagarzinho admirando a paisagem daí não me contive: decidi que ele seria meu.

No outro dia, chamei uns amigos para lanchar lá no trabalho dele. Ficamos até fechar e quando ele estava quase fechando eu e minha amiga saímos devagar na frente e ficamos no banco por onde ele passava. Quando ele avistou, parou e me perguntou se queria carona, eu de imediato aceitei. Ele me perguntou para onde eu iria, eu respondi que confiava nele, daí ele tomou uma reta, na próxima esquina ele parou e perguntou meu nome eu respondi e disse que merecia dois beijinhos no rosto, já que o terceiro foi na boca. Ele continuou dirigindo e fomos nos conhecendo melhor, descobri que ele era noivo e isso me deixou ainda mais excitada…

Quando ele entrou por uma mata, parou o carro e começamos a nos beijar. Aquela situação foi me deixando cada vez mais louca, comecei a tirar a roupa dele, chupando ele todinho… O vidro do carro foi ficando embaçado. Resolvemos sair do carro fiquei de quatro para ele no capô. A noiva dele ligando para ele e ele dentro de mim me tomando toda… E essa foi nossa inesquecível primeira vez já que somos amantes há mais de dois anos. Nos amamos apesar de tudo e nos respeitamos isso que torna nosso tesão eterno!

Mais lidas