Festa de inauguração

Avalie

Tenho 26 anos e sou bem liberal, mas sempre discreta e safada, claro. Vai fazer uma semana que fui na inauguração de uma lanchonete de um amigo, o local era top e estava eu no piso superior onde estão as mesas de sinuca.

Como conhecia o dono, estava ao lado dele bebendo e jogando. Foi quando ele me apresentou o Paulo, um homem de presença. Logo foquei e dei aquela olhada, tinha uma bunda gostosa. Pegamos uma mesa e fiquei bebendo e batendo papo o meu amigo dono da lanchonete. Ele saiu deixando a gente lá, e foi aí que o papo ficou um pouco mais interessante.

Percebia seu olhar no meu decote e quando levantei seu olhar seguiu meu corpo. Peguei a cadeira e coloquei mais perto, como estava de vestido percebia que ele me comia com os olhos. Quando sentei e cruzei as pernas ele já foi falando “Nossa que coxas, Lu. Posso te chamar de Lu?”, respondi claro e voltamos a conversar.

Percebi que começou a esfriar, foi aí que discretamente fui passando a mão nas pernas dele, percebendo que ele estava ficando excitado, comecei a chegar mais perto do pau dele e acariciei seu pau duro. Ele começou a ficar vermelho, foi aí que falei para ele “Vem comigo, vamos voltar lá para cima que tem um cantinho gostoso para nós.”

E assim subimos. Na parte de cima tinha várias mesas de sinuca e alguns lugares para se acomodar, foi ai que levei ele bem no cantinho. Era uma mesa no canto bem escondida. Pedimos umas bebidas e fomos brincar de sinuca. Eu me esfregava nele, sentia seu pau duro na minha bunda. Foi quando voltamos a beber mais. Paulo começou a perceber que estava esvaziando o local e tomou um pouco mais de coragem, começou a passar a mão nas minhas coxas, me beijando eu fui e falei no ouvido dele que estava sem calcinha.

Na hora a mão dele foi subindo e acariciando a minha xana, eu comecei a bater uma o para ele até ficar mais calmo. A gente se beijando e bebendo e acariciando, então meu amigo subiu para ver se tinha mais gente e avisar que fecharia as 05:00.

Chegando perto da gente ele viu o Paulo acariciando minha xana e com o pau de fora, olhou para a gente e falou que voltaria mais tarde e deu uma risadinha. Sabia que isso era um sinal livre para nós ficamos só eu e o Paulo no piso superior, como não tinha mais ninguém já fui chupando o pau do Paulo, ele estava muito excitado.

Paulo se levantou olhou para baixo viu que meu amigo estava fechando a lanchonete e foi tirando meu peitos para fora e me colocando sentada na mesa e foi me chupando. Logo me levou para uma mesa de sinuca e dando risada falou “Agora vou te encaçapar”.

Me deitou na mesa e foi chupando minha xana estava muito excitada que nem percebi quando o dono da lanchonete chegou. Paulo me chupando me fez gozar na boca dele. Me assustei quando senti uma mão nos meus peitos sendo que Paulo estava no meio das minhas pernas.

Quando abri os olhos e vi um pau grosso chegando na minha boca e uma mão puxando minha cabeça. Comecei a chupar aquele pau e dei uma olhada para cima, era meu amigo todo pelado me puxando de cima da mesa. Paulo nem ligou fez eu ficar molhadinha e já foi colocando o pau dentro de mim me deixando mais excitada ainda.

Aqueles dois paus para mim. Quando Paulo colocou o pau grande, mas não muito grosso. Os dois me fudiam gostoso, me tiraram da mesa me deixando de 4. Enquanto Paulo me fudia por trás, meu amigo pela frente. Paulo gozou dentro de mim e cedeu seu lugar para meu amigo, que logo me levou para a mesa no cantinho e foi me fudendo e Paulo foi me acariciando com seu pau meio mole e gozado, colocou na minha boca para excitar ele de novo.

Meu amigo me fudia gostoso, os 2 me chamavam de putinha e me elogiavam minha xana gostosa. Até que meu amigo percebeu que Paulo estava se excitando novamente, ele parou de me fuder tirou uma 2 camisinhas. Pensei que daria uma para Paulo, mas não, ele colocou a camisinha e a outra era um lubrificante. Paulo se deito no tapete e foi me puxando, sentei no pau dele comecei a cavalgar e o meu amigo foi passando o lubrificante na minha bunda e no meu cuzinho.

Foi colocando aquele bruto dentro de mim, comecei a gemer, Paulo me deu um tapa falando que eu era uma cadela e tinha que gritar. Me apertava quando meu amigo terminou de colocar, minhas pernas tremiam foi uma foda e tanto meu cuzinho tava dolorido, mas foi bom o prazer que estava sentindo. Quando meu amigo parou e tirou a camisinha me fez chupar o pau dele até ele gozar na minha boca e Paulo comendo minha xana.

Quando foi gozar, colocou seu pau no meu cuzinho e gozou melando ele todo de porra, mas ainda não tinha acabado. Paulo se sentou e meu amigo mandou ver na minha xana com seu pau até gozar dentro de mim, foi uma foda daquelas. Antes de meu amigo me levar embora tomamos mais algumas cervejas e os 02 começaram a falar de sexo. Isso já era 07:30 da manhã, e na hora de ir, Paulo me segurou tirou seu pau para fora e falou “Só da mais uma chupada, adorei sua boca”. Me ajoelhei e batendo uma para ele e chupando, logo meu amigo excitado tirou o dele para fora falando que também queria.

Fui alternando chupeta com punheta e os dois gozaram no meu rosto e encheram minha boca de porra novamente. Fomos todos embora, Paulo se despediu e falou para marcamos mais um encontro desses, dando risada logo falei estou à disposição e meu amigo me levou embora e acabamos dormindo na minha casa, dá pra saber o que aconteceu né.

Mais lidas