Modelo considerada “plus size” gera polêmica

Robin Lawley

Foto: Reprodução/Revista Cosmopolitan

Ao contrário do que aparenta, nem todo mundo vive hoje na “ditadura da magreza”. Uma prova disso é a polêmica que foi gerada em cima de um ensaio fotográfico com a modelo internacional Robin Lawley.

No início do ano, Robin tirou algumas fotos, para uma campanha de biquínis assinada por ela mesma, que foram publicadas na revista australiana Cosmopolitan. O ensaio foi destinado à mulheres plus size, segundo a publicação, e isso resultou em questionamentos por parte do público. A modelo é conhecida por suas belas curvas que fogem do padrão super magro da passarela, mas, para muitos, isso não é motivo para classificá-la como plus size.

O termo plus size foi criado pelos note-americanos para denominar os tamanhos de roupa não convencionais, aqueles que são mais difíceis de encontrar em lojas comuns como o 46, o que não é o caso da modelo. Em geral, as lojas de departamento vão do 36 ao 44, que são as medidas mais vendidas.

No Brasil, mulheres como a atriz Fabiana Karla e a cantora Preta Gil são os corpos mais usados como exemplo de tamanho plus size. Leia mais:

+ Acessórios que ajudam a disfarçar os quilos a mais

+ Moda plus size também é democrática

Olha esse corpo! O que vocês acham?

 

Mais lidas