Como fazer a sobrancelha

Como fazer a sobrancelha

Foto: Thinkstock/Getty Images

Uma sobrancelha bem desenhada é capaz de levantar qualquer olhar e deixar o visual harmonioso. Existem diversas técnicas para deixá-las contornadas e sempre limpinhas, mas como nem tudo é perfeito, alguns erros na hora de tirar os pelos podem deixar falhas na composição. Conversamos com Flávia Bianchi, designer de sobrancelha, que explicou quais as maneiras adequadas de tirar os pelinhos e como resolver os imprevistos!

Técnicas de depilação

Todas têm um ótimo resultado, desde que executadas por profissionais especializados. São eles que definem a linha correta do desenho, deixando a sobrancelha harmoniosa e com o design desejado.

Pinça: é a mais indicada. Como os fios devem ser retirados um a um, o risco de errar e deixar falhas é menor.

Cera: fica com um resultado superlimpo! Ela retira toda a penugem, aqueles pelinhos menores, dando um efeito definido. Porém, o risco de erros é maior e a cera pode ocasionar manchas na pele, bem como deixar as pálpebras flácidas.

Linha: o efeito fica parecido com o da pinça. A diferença é que o profissional deve dominar muito bem a técnica para o trabalho sair perfeito. Os riscos de errar são pequenos.

Manutenção

Os pelos nascem e crescem todos os dias e, por isso, podem ser retirados todos os dias também, contanto que sejam indesejados. Após a consulta com o designer, é só seguir a linha feita por ele para continuar fazendo a limpeza. Algumas mulheres não conseguem e preferem aguardar até a próxima retirada feita pelo profissional. Dica: quando for limpar a sobrancelha, escolha um lugar iluminado, um espelho grande e uma pinça boa. Nas primeiras semanas é mais fácil retirar os excessos, mas nas últimas vai ficando difícil de manter a linha feita pelo profissional, e o risco de errar é maior, portanto, muito cuidado!

Preenchendo as falhas

A primeira atitude é procurar um profissional qualificado para consertar o estrago. Ele é quem vai supervisionar a depilação e fazer a manutenção da limpeza. Será necessário deixar os pelos crescerem um pouco para formar novamente a linha do desenho. Durante esse período, as falhas podem ser disfarçadas com lápis e sombras na cor próxima a dos fios. Para estimular o crescimento, existem alguns produtos no mercado, ou então é possível manipular fórmulas com o dermatologista. Nesse caso, as substâncias são semelhantes às usadas em caso de calvície. Mas se o problema for outro, veja essas soluções:

Tonalização: ela colore os pelinhos mais finos e, com isso, a sobrancelha fica com o desenho preenchido e melhor definido.

Tintura: ela tonaliza os fios brancos e a duração é de 3 a 4 semanas.

Henna: disfarça as falhas e dá uma maior definição. Tonaliza os fios e a pele, com duração de 3 a 4 semanas nos pelos, e de 5 a 10 dias na pele. É preciso tomar cuidado para a cor não ficar muito escura e carregada. Caso isso aconteça, use demaquilante para tirar o excesso ou base diluída com creme para disfarçar. Pó facial também funciona.

Micropigmentação, dermopigmentação (ou maquiagem definitiva): é uma técnica inspirada em tatuagens e que foi aperfeiçoada com o passar dos anos. Antigamente os traços eram escuros e em tons fortes. Hoje em dia, o pigmento é usado superficialmente, deixando os traços leves e com as cores na tonalidade da pele, o que deixa o resultado mais natural. Qualquer pessoa pode fazer.

Fio a fio: feita em casos de pelos com espessura média e grossa. A dor é intensa, o procedimento é rápido e o resultado fica natural. A durabilidade é maior se comparada com outras técnicas.

Esfumada: em casos de ausência de pelos ou quando eles são muito finos. Preenche todo o desenho da sobrancelha, a dor é menor, porém contínua. A duração também é menor e é necessário retocar algumas partes.

Compacta: preenche todo o desenho, porém a pigmentação é mais forte e o visual fica carregado. Por isso, é pouco usada hoje em dia, mesmo tendo maior duração.

Despigmentação: é a retirada dos pigmentos das técnicas anteriores, mas o resultado não é 100% satisfatório.

Alopecia

É a perda de fios, ou cabelos, em determinadas áreas do corpo. Ela atinge também as sobrancelhas, causando falhas e perda definitiva de pelos. Vários fatores causam o problema, que deve ser tratado com a ajuda de um profissional.

 

Consultoria: Flávia Bianchi, designer de sobrancelha de São Paulo (SP)

 

 

Make para os olhos

 

 

 

Para conferir mais dicas, adquira a revista Make Para os Olhos – já nas bancas!

 

 

 

 

 

Tags:

Mais lidas