Wanessa é um arraso

Entrevista com Wanessa

Foto: Francisco Cepeda / AgNews

 

Wanessa é uma mulher camaleoa! A cantora, que já investiu no pop e no estilo mais romântico, agora arrasa nas baladas! Nesta entrevista, Wanessa contou todos os detalhes do seu novo trabalho, DNA, que é muito mais dançante, animado e autoral. Com carreira e agenda pra lá de agitadas, Wanessa reservou um tempinho e bateu um superpapo com a Guia da TV! Confira:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Guia da TV: Você começou a carreira fazendo músicas mais românticas e o CD DNA é pura balada! Como você vê essa evolução, mudança?

Wanessa: “Comecei a carreira muito jovem e adorava música romântica, que fazia parte da minha vida naquele momento. Hoje, com 11 anos de carreira, me sinto mais preparada para cantar esse estilo de música que eu gosto e me identifico bastante, mas meu novo álbum tem músicas românticas também como It´s Over, que é de minha autoria e do Mister Jam (produtor do álbum)”.

 

Guia da TV: Agora que você está investindo em sua careira internacional, deu pra sentir uma diferença entre o público brasileiro e o gringo?

Wanessa: “O meu foco sempre será o público brasileiro. Gosto de fazer as pessoas cantarem, dançarem e se divertirem com a minha música. Fico feliz em saber que algumas músicas como Stuck on Repeat, Sicky Dough e Falling for U estão sendo executadas fora do Brasil. Música é universal, as pessoas se identificam com as letras e com o ritmo. Não senti nenhuma diferença, recentemente me apresentei na África e as pessoas se divertiram muito com meu som”.

 

Guia da TV: Na produção de seu novo CD, DNA, estiveram envolvidos profissionais que já trabalharam com artistas como Lady Gaga, Ke$ha, Britney e  Rihanna. Como foi a experiência?

Wanessa: “Foi incrível! O remix de Stuck on Repeat produzido por Dave Audè, que já trabalhou com essas artistas, ficou excelente e recebeu elogios do New York Post que, para mim, foi uma surpresa enorme”.

 

Guia da TV: Tem algum ritmo brasileiro que você gostaria de incorporar à sua música e levar ao exterior?

Wanessa: “O Brasil é um país musical, cada região tem suas características diferentes e muitos desses ritmos poderiam ser inseridos na minha música no estilo eletro-pop, dando um resultado muito bom. Já inclui o funk carioca em Sticky Dough e o resultado foi uma música dançante, animada e ao mesmo tempo sensual”.

 

Guia da TV: Durante sua carreira e em seu novo CD, você fez várias parcerias com artistas da cena R&B e hip hop americano, como BAM BAM e Ja Rule. Tem algum artista com quem você adoraria fazer um dueto? Aliás, você curte esse som?

Wanessa: “Dividir Fly com Ja Rule e ter Bambam em Sticky Dough foram experiências muito marcantes. Antes disso tive o prazer de cantar com Rita Lee (que eu adoro!), com o Gigi Dalessio, Alexandre do Natiruts, entre outros”.

 

Guia da TV: Em seus shows, você é superanimada, não para um segundo! É essa energia que você quer transmitir com DNA?

Wanessa: “O palco é o lugar em que me sinto mais a vontade. Esse álbum e o show foram produzidos com o maior carinho e se consigo transmitir todas essa energia através das minhas canções, sinto que esse é o caminho e a missão está cumprida”.

Tags:

Mais lidas